Colaborar para ajudar solucionar o problema dos outros

  • Código da notícia : 792004
  • Font : abna
Brief

As pessoas devem ser como um só coração.
Ajudar o próximo em suas dificuldades e problemas é motivo de aceitação e do perdão divino alem de recompensas nesta vida e na outra.
A falta de consideração e ajuda com os crentes e motivo de castigo divino tanto nesta vida como na outra.

os muçulmanos têm de ser irmãos uns dos outros. A necessidade desta irmandade se justifica para  em  momentos que nos encontramos em dificuldades as pessoas se ajudem e colaborem uns com os outros.

Na verdade quando os crentes passam a ser irmãos entre si  verdadeiramente se tornam como membros de uma só família. Assim quando o problema  é de um membro passa a ser de todos. E os aborrecimentos de uma pessoa passam a ser de todos também. Portanto todos os membros são considerados sócios de uma só família da mesma forma que na alegria e na felicidade são felizes juntos.

O Islã deseja que tenhamos  responsabilidades  com  nossos semelhantes com  nossos irmãos. O Profeta Muhammad (s.a.w) num hadis conhecido e famoso nos diz:

 

“Os crentes quanto à misericórdia e o amor que devem ter uns com os outros são como um corpo único. Qualquer parte do corpo que adoeça as outras partes também reagem.”

 

Não existe exemplo mais belo citado pelo Profeta citou com relação à união que os muçulmanos devem ter entre si.

Se cada irmão muçulmano considerar ao outro como uma parte de seu corpo considerando-à parte de sua família não só o ajudaria como também  resolveria os seus problemas.

 

De qualquer modo todos nos precisamos uns dos outros durante as varias fases que passamos em nossas vidas e esperamos  que os outros nos ajudem a resolver os nossos problemas e que nas dificuldades se ajudem mutuamente.

Portanto nenhuma pessoa no momento em que passe por dificuldades e necessite de ajuda  deixe de procurar o próximo nesta hora. Depois que os seus problemas se resolvem ele muitos esquecem do irmão bom e não o procura mais. O Alcorão Sagrado nos diz que os muçulmanos devem se ajudar uns aos outros como a surata n° 5 Al Maida (A mesa servida) no versículo 2 nos diz:

 

“Ó fiéis, não profaneis os relicários de Deus, o mês sagrado, as oferendas, os animais marcados, nem provoqueis aqueles que se encaminham à Casa Sagrada, à procura da graça e da complacência do seu Senhor. E quando estiverdes deixado os recintos sagrados, caçai, então, se quiserdes. Que o ressentimento contra aqueles que trataram de impedir-vos de irdes à Mesquita Sagrada não vos impulsione a provocá-los, outrossim, auxiliai-vos na virtude e na piedade. Não vos auxilieis mutuamente no pecado e na hostilidade, mas temei a Deus, porque Deus é severíssimo no castigo.”

 

Temos de levar em conta a necessidade de nos ajudarmos uns aos outros e para isso aconteça é imprescindível que tenhamos um sentimento de ajuda e colaboração com o outro. Devemos ser bons para com eles e auxiliá-los no que for possível. Partindo destas bases o Profeta (s.a.w) nos diz :

 

“Quem não se importe com os problemas dos muçulmanos não é um deles assim como ouve que um muçulmano solicita ajuda e não o  ajuda não e considerado muçulmano.”

 (Bihar Al Anwar tomo 74. parte 20,hadis 120) 

 

 

 

 

O Imam Jaafar Assadek (a.s) com relação a este tema nos diz:

 

 “Por Deus , pelo Profeta (s.a.w) e por Ali (a.s) que crente não se tornou àquele que não sorri para seu irmão no momento em que se encontre em dificuldades. E se puder deve ajudá-lo no que puder o mais rápido possível . E caso ele não possa ajudá-lo deve providenciar , achar ou localizar pessoas que possam ajudá-lo então. Se uma pessoa agir diferente do que citei não haverá nenhuma ligação entre o Islã e esta pessoa.”

 (Bihar Al Anwar tomo 75, parte 549, hadis 12).

 

Por outro lado conforme as narrativas dos Imames (a.s):

 

“Aquele a quem deus lhe concedeu riqueza e condições e as depositou em suas mãos  mas que  momento em que seus irmãos se encontram em dificuldades não os ajudar , sofrerá um doloroso castigo divino.”

 

O ImamBacker (a.s) nos diz:

 

“Aquele que não ajudar ao seu irmão muçulmano e não se esforçar para resolver seus problemas , Deus colocara pessoas em sua vida que o façam  gastar os seus recursos com o que é ilícito e pecado.” (Bihar al Anwar tomo 75, parte 59, hadis 08)

 

Temos um outro hadis do Imam Assadek (a.s) que nos ensina:

 

“Todo Aquele que for nosso seguidor e solicitar ajuda a alguém e não lhe ajudarem, Deus o colocara entre os incrédulos e sofrerá na outra existência.”

 (Bihar Al Anwar t.75, parte 59,hadis 21)

 

 

 

O Imam Musa Al Kazem (a.s) nos diz:

 

 “Todo aquele que pode ajudar ao seu irmão e não o faz podendo fazê-lo acaba cortando seus laços com Deus O Altíssimo.”

(Bihar al anwar tomo 75, parte 59, hadis 21).

 

Em uma outra narrativa do Imam Assadek (a.s) nos diz:

 

Não Ajudar ao próximo no momento em que ele mais necessite tem a conotação da traição com Deus e com o seu Profeta (s.a.w). Todo muçulmano que não tenha ajudado a seu irmão podendo fazê-lo , Deus no dia da ressurreição fará com que se envergonhe de seu ato. E como um prisioneiro com os olhos machucados roxos e com suas mãos amarradas ao seu pescoço  será apresentado”.

Será-lhe dito: “Este é um traidor que traiu a Deus e a seu Profeta (s.a.w).Portanto será condenado ao Inferno”

 (Bihar Al Anwar tomo 7, parte 8, hadis 83).

 

 Aquilo que devemos dar a atenção nas narrativas  é o esforço para ajudar o próximo mas não devemos nos deter apenas no que nos somos possíveis de fazer. Caso não possamos devemos buscar a colaboração de outros para resolver os  problemas.

Esta é na verdade uma solução que o Imam Assadek (a.s) nos apresenta. Narraremos uma bela historia como exemplo deste assunto.

Vokedi era o nome de um sábio islâmico muito conhecido.

Eram em três amigos  que se davam tão bem que pareciam  ser uma só pessoa.

 Um deles se chamava Hachemi. Durante um ano Vokedi teve problemas e passou por dificuldades financeiras.

 

Próximo ao evento de uma data festiva a esposa de Vokedi lhe perguntou:

“Eu e você suportamos as adversidades e as dificuldades financeiras mas nossos filhos quando virem seus amigos bem vestidos como se sentirão? Se puder consiga algum dinheiro para que posamos comprar roupas novas para eles”. Então escreve Vokedi para seus dois amigos pedindo ajuda. Primeiro hachemi lhe envia um saco de moedas com 1.000 dinares. Não havia aberto este saco quando recebe um outro saco de moedas do segundo amigo. Preferiu abrir o  saco de dinheiro do segundo amigo.

Despediu-se de todos na mesquita e voltou para casa . No caminho de volta encontra a Hachemi que lhe pergunta:

 “O que você fez com os 1.000 dinares que lhe enviei?”.

Explicou Vokedi que já havia pegado dinheiro do segundo irmão. Então Hachemi lhe disse: “O Dinheiro que lhe dei era o ultimo recurso que tinha.” Após ouvir isso Vokedi dividiu o seu saco de moedas entre os três.

O Imam Ali (a.s) em outro hadis que diz:

 

Um amigo não é um amigo ate realize três coisas:”

 

 

1)Auxilie seu irmão em suas dificuldades

 

 

2)Na ausência de seu irmão preserve sua honra

 

 

3)No momento em que faleça participe de seu enterro e compartilhe com seus familiares à dor de sua perda.

(Bihar al Anwar tomo 74, parte 10, hadis 28)

 

 

 

 

O Sagrado Alcorão na surata n° 59 Al Haxr (O Desterro) no versículo n° 9 nos diz:

 

“Os que antes deles residiam (em Medina) e haviam adotado a fé, mostram afeição por aqueles que migraram para junto deles e não nutrem inveja alguma em seus corações, pelo que (tais migrantes) receberam (de despojos); por outra, preferem-nos, em detrimento de si mesmos. Sabei que  aqueles que se preservarem da avareza serão os bem-aventurados.”

 

O Imam Assadek (a.s) nos diz:

 

 “Quando uma pessoa necessita de minha ajuda passo a ajudá-la imediatamente. Porque tenho medo que suas necessidades sejam resolvidas por outra pessoa que não tenha tempo  de poder ajudá-lo.”

(Bihar Al Anwar tomo 74, parte 20, hadis)

 

9)Temos nas narrativas dos Imaculados Imames (a.s) que as recompensas  que serão dadas por Deus estão fora do alcance da imaginação humana com relação a quem ajuda aos outros irmãos a resolverem seus problemas. Citaremos alguns exemplos a respeito. O Imam Ali (a.s) nos diz:

 

 “Ajudar a um irmão crente faz com que seu sustento diário aumente.”

(Bihar Al Anwar tomo 74, parte 28, hadis 22).

 

O Imam Assadek (a.s) nos diz:

 

“Se aproximem de Deus auxiliando ao seu irmão.”

(Bihar Al Anwar tomo 74, parte 28, hadis 5)

 

 

Em um outro hadis temos:

 

Aquele que auxilie seu irmão em um momento de dificuldade, Deus no dia da ressurreição atenderá 100.000 pedidos  seus assim como poderá fazer com que seus amigos adentrem ao paraíso menos os que são inimigos de Ahlul Bait (Os doze Imames).

(Bihar Al Anwar tomo 74, parte 20,hadis 90).

 

 

O Imam Assadek (a.s) nos diz:

 

“Não haverá  muçulmano sem que receba uma recompensa divina se tiver auxiliado ao seu irmão. E sua recompensa será o Paraíso.”

(Bihar al Anwar tomo 74, parte 20, hadis 8)

 

Temos do Profeta Muhammad (s.a.w) que nos diz:

 

“Por Deus , suprir as necessidades de um crente é melhor do que jejuar um mês ou permanecer confiando em uma mesquita por dias rezando.”

 (Bihar Al Anwar tomo 74, parte 20, hadis 6)  

 

Um dos amigos do Imam Assadek (a.s) que se chamava Mashmal Assadi certa vez foi a Meca. Quando retornava foi ver ao Imam Assadek (a.s). O Imam e lhe perguntou:

 “Onde estava Assadi?”  

Disse Assadi: Estava fazendo o Hajj.

Disse o Imam:

“Quer que eu lhe indique algo que Deus lhe dará uma recompensa maior que Hajj (peregrinação a Meca)?

 

Disse Assadi: “Ate que o senhor me explique não”

 

Disse o Imam:

 

“Quando uma pessoa intencionar ir à casa de Deus , Durante uma semana realizara sete voltas entorno da Kaaba, executara suas orações no horário devido e percorrera o caminho entre Safwa e Marwa. Deus então lhe prescreverá  6.000 boas ações , assim como 6.000 pecados serão perdoados e 6.000 necessidades suas na vida serão supridas e 6.000 desejos seus na ressurreição serão realizados”.

 

Disse Assadi:

“Esta e uma recompensa maravilhosa, muito grande.”

 

Disse o Imam:

 

Ajudar a um irmão muçulmano tem a recompensa  multiplicada por  10 vezes em relação à recompensa do Hajj.” (Bihar Al Anwar tomo 74, parte 20, hadis 4)

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016
A MENTIRA

A MENTIRA

O Perdão

O Perdão