Luto pelo oitavo Imam , (Especial por ocasião do martírio do Imam Reza )

  • Código da notícia : 867683
  • Font : parstoday
Brief

Hoje é o aniversário do martírio do oitavo Imam dos muçulmanos xiitas, Imam Reza (A.S) e, por essa razão, preparamos um espaço especial e esperamos seja do seu agrado.

Atualmente , o pátio do mausoléu do Imam Reza (A.S), situado na cidade de Mashad,  no noroeste do Irã, lotado de pessoas vestidas de preto demonstrando suas manifestações de  tristeza pelo martírio do Imam, o oitavo Imam dos xiitas. O mausoléu, como sempre, é um refúgio para os cansados. Neste dia, milhões de muçulmanos xiitas de todo o mundo, jovens e adultos , chegam ao mausoléu do Imam Reza para comemorar o martírio desta grande personalidade religiosa. Expressamos nossas condolências no aniversário do martírio do Profeta  neto do Islã (A.S) e esperamos que todos continuem o caminho.

Com idade de 35 anos, Imam Reza (A.S) foi encarregado de orientar a comunidade islâmica após o martírio de seu pai, Imam Kazim (A.S) no ano de 183 da Hegira do calendário lunar. O Imam ficou na cidade de Medina (península arábica) até o ano de 201. Naquela época , por uma armadilha política, Mamum (um dos califas de Abbasids) forçou Imam Reza a mudar para Marv (no Irã), sede do seu governo. A viagem do Imam a Marv foi um dos acontecimentos  mais importantes na vida daquele Imam, pois revelou, ainda mais do que antes, a grandeza espiritual e a alta posição científica do Imam Reza. De forma que os moradores de Marv e Khorasan, apenas por saberem sobre Imam Reza, demonstraram o interesse em vê-lo e tirar proveito de seus debates científicos e apreciar o sabor doce da verdade. Dois anos depois de sua residência em Marv, Imam Reza foi envenenado por ordem de Mamum e caiu martirizado no dia 30 de Safar no ano 203 da hégira lunar.

Imam Reza (A.S), como o grande Profeta do Islã assim como outros Imames, foi  símbolo da ética nobre e dos ritos corretos da servidão, além disso, suas ordens para rejeitar alguns atos, são consideradas uma infra-estrutura para conhecer alguns vícios éticos . O Imam Reza semeou as sementes do monoteísmo e da atenção a Deus em sua própria vida e nas  de outros, através do uso dos versículos do Alcorão Sagrado.

Sua liderança durante duas décadas, caracterizou-se pela realização de encontros com cientistas e estudiosos no qual  ele respondeu várias questões. De acordo com estudiosos islâmicos, Imam Reza fez uma análise dos versículos do Alcorão em relação ao monoteísmo, profecia, ressurreição, fé, blasfêmia, entre outros temas deste livro sagrado. Na verdade, o conselho e o comportamento do Imam representavam os versos do Alcorão. A este respeito, Ibrahim bin Abbas diz: "As palavras e respostas de Imam Reza foram enraizadas no Alcorão Sagrado. De três em três dias, ele lia todo o Alcorão e disse que se ele quisesse, ele poderia terminar de ler o Alcorão em menos Três dias, mas não queria passar nenhum versículo sem meditar sobre ele e o motivo de sua revelação ".

Um dos companheiros do Imam Reza (A.S) perguntou sua opinião sobre o Alcorão e o Imam Reza respondeu: "O Alcorão é a palavra de Deus, não exceda seus limites e não procure orientação, exceto no Alcorão, caso contrário, você queira ser desviado ". Com estas palavras, o Imam Reza esclareceu que, para encontrar o caminho da felicidade, é preciso recorrer aos ensinamentos do Alcorão. O Imam apresentou o Islã como a religião superior de Deus entre os crentes e que os leva ao paraíso e longe do inferno. O Alcorão não envelhece ou reduz o seu valor ao longo do tempo porque Deus, todo-poderoso, não o enviou por um certo período, mas é para todas as pessoas de todos os tempos e você nunca poderá encontrar algum erro neste livro divino.

Imam Reza (A.S) é conhecido como "Sábio da família do Profeta do Islã". De acordo com o ditado, Imam Kazem disse a seus filhos que seu irmão Reza era o sábio da família do Profeta. "Aprenda suas necessidades religiosas nele e lembre-se do que ele ensinou a você", informou Imam Kazem.

Mamum realizou debates para Imam Reza, mas, na realidade, esse governante não procurou mostrar a grandeza e veracidade da família do Profeta, mas convidou os sábios de diferentes religiões a questionar o Imam Reza nessas sessões. Mas ao contrário do que imaginava Mamum, em debates científicos Imam com estudiosos de diferentes religiões favorecido Mamum mas causou problemas para o seu governo. Por esta razão, entendendo que a presença do Imam nos debates e atenção de todos os cientistas estava preparando o terreno para liderar o governo, ele tentou controlar o Imam, por exemplo com medidas para limitar suas relações com os sábios e tentar alienar a pessoas dos debates científicos e das classes ditadas pelo Imam.

O Imam Reza atendeu assuntos espirituais. Ele foi a pessoa mais honrada de seu tempo. Raya ibn abi Zahak diz: "Juro por Deus, que em toda a minha vida não encontrei alguém que reze mais do que Imam Reza, e se lembre mais de Deus e teme mais a Deus do que ele". Hazrat Reza sempre esteve atento aos problemas dos muçulmanos e tentava resolvê-los e atender suas necessidades. Ele visitava os doentes e recebia seus convidados com humildade. Em Medina, educou muitos estudiosos. Um deles foi Zakaria Ibn Adam, que era seu representante em Qom. Em uma carta dirigida a Zakaria, Imam Reza escreveu: "Deus, por sua presença, expulsará o povo da cidade de Qom do desastre, além do desastre do povo de Bagdá pela presença do Imam Kazem".

Entre outros estudiosos destacados que adquiriram conhecimento do Imam Reza foram, Sofan ibn Yahya, Hasan ibn Mahbub, ali ibn Meysam e Yunes ibn Abdulrahman.

Nós expressamos mais uma vez nossas condolências pelo aniversário do martírio de Imam Reza (A.S).

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016