O trabalho da mulher(11)

  • Código da notícia : 869514
  • Font : abna
Brief


A visão islâmica a respeito dos trabalhos e atividades que o ser humano exerce na vida não deve distinguir este ser entre macho ou fêmea, pois não há nenhuma distinção ou diferença. A obrigação recai sobre ambos os sexos, assim como também as proibições.

A visão islâmica a respeito dos trabalhos e atividades que o ser humano exerce na vida não deve distinguir este ser entre macho ou fêmea, pois não há nenhuma distinção ou diferença. A obrigação recai sobre ambos os sexos, assim como também as proibições.
Essa é a política geral da doutrina islâmica no que diz respeito ao homem e a mulher, e esta é a sua orientação. Mas existem trabalhos e atividades que são dispostos somente para os homens, e existem outras atividades e trabalhos que somente devem ser exercidos pelas mulheres; essa ordem das coisas foi imposta pela natureza biológica de cada um dos sexos.
O Islam, por exemplo, indica a missão da educação das crianças, meninos ou meninas, às mulheres, levando em consideração as características genéticas da mulher que a habilitam a ter mais sucesso do que os homens neste campo.
Além disso, alguns decretos da legislação, apesar de serem aplicados aos homens e mulheres em conjunto, demandam certa diferença na sua aplicação quando confrontados com os dois sexos, pois o Islam harmoniza as legislações com a natureza de cada um deles.
Por exemplo: a obrigação da peregrinação, que é aplicada aos dois sexos e deve ser realizada no mesmo período, porém, algumas condições estabelecidas para os homens diferem das estabelecidas para as mulheres. Tais como a vestimenta do peregrino.
O homem veste um manto não costurado na maioria das atividades da peregrinação, enquanto que isso não é obrigatório para a mulher. Outro ponto é que a legislação islâmica permite que a mulher realize o arremesso das pedras na véspera do dia determinado, ou no próprio dia. E ela também possui resoluções especiais devido à menstruação e a outros pontos, o que protege a mulher e leva em consideração a sua formação genética.34
Deus, o Altíssimo, fez a mulher como mãe, dona do lar e educadora das gerações humanas, e a dotou com características especiais no tange a gravidez, o nascimento da criança, a amamentação e a educação em geral, etc.
O papel mais importante da mulher na vida humana é ser mãe e tudo que está ligado a esta tarefa magnífica que existe para perpetuar a espécie humana e assegurar a continuidade da sua existência. Devido à importância da maternidade e a responsabilidade do lar, o Islam abriu mão de algumas obrigações em favor desta tarefa. Por exemplo, o Islam isentou a menstruada e a parturiente das orações, do jejum no mês de Ramadan (se sentir algum mal ou seu bebê também), e isentou-a da oração de sexta-feira, entre outras obrigações.
A consideração da maternidade e da administração do lar como trabalho principal da mulher não significa que ela está proibida de exercer algum outro tipo de trabalho ao lado do homem, mas o criador da existência, Deus, o Altíssimo, considerou a mulher um abrigo para o homem, pois dela surge a descendência e a continuidade natural da vida.
Deus, o Altíssimo, disse no Alcorão Sagrado:
“Deus vos designou esposas de vossas espécies, e delas vos concedeu filhos e netos, e vos agraciou com todo o bem; crêem por ventura, na falsidade e descrêem das mercês de Deus?” (C.16 – V.72)
“Entre os sinais está o de haver-vos criado companheiras da vossa mesma espécie, para encontrardes repouso nelas; e colocou amor e piedade entre vós. Por certo que nisso há sinais para os sensatos.” (C.30 – V.21)
Deus, o Altíssimo, criou a mulher para viver ao lado do homem dentro de um contexto geral. Ele a obrigou a carregar a convocação divina, o incentivo do que é lícito e a advertência contra o que é abominável. Também a incentivou a buscar o conhecimento, e libertou a mulher para ganhar dinheiro através do comércio, da agricultura, da participação nos projetos industriais, assumindo contratos, trabalhando na bolsa de valores, realizando sociedades ou trabalhando em outros campos da vida.
Além do que, a mulher é igual ao homem, e é proibido que realize e se envolva em mentiras, agressão, traição, falsidade, rancor, hipocrisia, pois deve ter um comportamento social adequado, assim como o homem.


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016