Ao menos 30 mortos em ataque do Daesh no Mali

Pelo menos trinta civis tuaregues morreram num ataque perpetrado por um grupo de alegados do Daesh na província de Menaka, no norte do Mali, próximo da fronteira com o Níger, adiantaram fontes locais à EFE.

As fontes explicaram que o ataque aconteceu nas povoações de Aklaz e Awakassa e fez também um número indeterminado de desaparecidos.

Segundo a EFE, citando as mesmas fontes locais, está a ser considerada a tese de uma suposta implicação no ataque do grupo dirigido pelo 'jihadista' Amadou Kouffa, tendo os atacantes conseguido fugir.

O grupo tuaregue Movimento pela Salvação de Azawad-MAS afirmou hoje em comunicado que um grupo de homens "fortemente armados", que se deslocava em 16 motos, atacou na sexta-feira à tarde estas povoações e começou a disparar contra os civis, entre os quais várias mulheres e crianças.

O comunicado referia ainda que várias pessoas idosas foram "arrastadas para fora das tendas onde residiam para serem executadas".

As autoridades malianas ainda não se pronunciaram sobre o ataque.

 308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016