Assad: 'É hora de Ocidente reconhecer que perdeu controle da situação na Síria'

Neste sábado (14), na sequência dos ataques da coalizão liderada pelos EUA contra o território sírio, o presidente do país, Bashar Assad, disse que este ato de agressão contribuirá ainda mais para a “unidade do povo sírio” na luta contra o terrorismo.

Informa-se que a respectiva declaração foi feita durante uma conversa telefônica entre Assad e seu homólogo iraniano, Hassan Rouhani, durante a qual os líderes discutiram os detalhes do recente ataque.

"Chegou a hora de as forças ocidentais, que apoiam o terrorismo, reconhecerem o fato de terem perdido o controle. Ao mesmo tempo, eles sentem que perderam a confiança dos seus povos e do mundo", disse Assad, citado pela assessoria de imprensa.

O presidente iraniano, por sua vez, condenou o bombardeamento do território sírio e confirmou que Teerã vai continuar apoiando as autoridades e o povo sírios. Rouhani também expressou a certeza que a agressão dos países ocidentais não vai abalar o moral dos sírios na luta contra o terrorismo.

Mais cedo, a administração do presidente sírio publicou um vídeo intitulado "Manhã de Resistência", no qual Assad se encontra no palácio presidencial em Damasco.

Na terça-feira (10), uma série de edições do Oriente Médio comunicaram sobre a alegada evacuação de Assad e sua família para Teerã por causa dos possíveis ataques ocidentais contra o país.

308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016