Atrocidades sionistas contra prisioneiros palestinos condenados como crimes de guerra

Atrocidades sionistas contra prisioneiros palestinos condenados como crimes de guerra

O secretariado permanente da Conferência Internacional sobre a Intifada Palestina emitiu um comunicado na terça-feira condenando as atrocidades sionistas contra prisioneiros palestinos como crimes de guerra.

A declaração, que veio por ocasião do Dia dos Prisioneiros Palestinos (17 de abril), disse que os culpados dos crimes sionistas têm que ser levados à justiça por regulamentos internacionais.

A declaração desejava a liberdade de todos os homens, mulheres e crianças palestinos aprisionados nas cadeias sionistas.

Observando que mais de um milhão de palestinos sofreram tortura física e psicológica desde 1948, a declaração afirma que mais de 7.000 palestinos inocentes ainda estão aprisionados nas prisões sionistas.

Convocou a comunidade internacional a fazer todos os esforços para deter as agressões sionistas e ajudar a garantir a liberdade dos prisioneiros palestinos.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016