Depois de devastá-lo, a Arábia Saudita promete US $ 1,5 bilhão em ajuda ao Iêmen destruído pela guerra.

Depois de devastá-lo, a Arábia Saudita promete US $ 1,5 bilhão em ajuda ao Iêmen destruído pela guerra.

A Arábia Saudita na segunda-feira prometeu US $ 1,5 bilhão em novas ajudas para o Iêmen após a crescente crítica internacional do contingente da coalizão de guerra dirigida pela saudita contra a população civil do Iêmen.

A ONU chamou o Iêmen da "maior crise humanitária do mundo". O reino anunciou que aumentará as capacidades nos portos do Iémen para permitir ajudas adicionais e embarques de carga - os portos são uma linha de vida crucial para as importações. Até dezessete “corredores de passagem seguros” para grupos humanitários também serão criados. O anúncio da segunda feira também inclui US $ 2 bilhões de ajuda em combustível para o transporte.

Mais cedo, o Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico disse em sua página em árabe que "acolheu" o anúncio da ajuda saudita. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Boris Johnson, é hoje o anfitrião de uma reunião do Quarteto em Londres entre o Reino Unido, os EUA, a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos para discutir a guerra civil do Iêmen.

Desde março de 2015, a Arábia Saudita liderou uma coalizão de nove estados árabes contra os rebeldes Houthi, que ocuparam a capital do Iémen e forçaram o governo ao exílio.

Em setembro, o diretor executivo do PAM, David Beasley, apresentou fortes palavras para o reino: "A Arábia Saudita deve financiar 100% (das necessidades) da crise humanitária no Iêmen", afirmou. “Ou parar a guerra ou financiar a crise”. A opção três é, faça ambos.

“Pelo menos 10.000 civis até o momento foram mortos na guerra e cerca de três quartos da população do Iêmen - 22 milhões - precisam de ajuda humanitária”.

Em dezembro, o número de casos suspeitos de cólera atingiu 1 milhão, considerado o maior surto de cólera do mundo na história recente.

O reino saudita atribuiu quase US $ 57 bilhões para gastos militares em 2018, embora não fossem divulgados os gastos no Iêmen.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016