Enfrentando missão difícil no Idlib da Síria, forças turcas atacadas por terroristas armados

Enfrentando missão difícil no Idlib da Síria, forças turcas atacadas por terroristas armados

A Turquia enviou vários militares para a província síria de Idlib, na Síria, para desarmar os grupos terroristas remanescentes segundo um acordo com a Rússia, mas a missão fracassou depois que as milícias se recusaram a baixar armas e atacaram as forças turcas.

A Turquia, conhecida como uma das três garantias de um cessar-fogo nas zonas de escalada da Síria chegou a um acordo com a Rússia em setembro para evitar derramamento de sangue na província de Idlib, no norte, criando uma zona desmilitarizada.

Sob o acordo com a Rússia, a Turquia deve desarmar os rebeldes armados em Idlib, mas suas tentativas foram bloqueadas por grupos terroristas extremistas na província atacada. De acordo com várias fontes, a Turquia enviou recentemente um número de seus oficiais para o Idlib para desarmar os grupos terroristas, com a mediação do chamado Exército Sírios Livres. Mas o grupo terrorista Hayat Tahrir al-Sham se recusou a abandonar as armas e teria lançado um ataque contra as forças turcas e do Exército Sírio Livre.

O documento assinado pelo presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, impôs um prazo de 10 de outubro para que todas as armas pesadas - incluindo tanques, morteiros e sistemas de artilharia - fossem removidas do Idlib. Até 15 de outubro, todos os grupos terroristas designados devem sair da área, incluindo Hayat Tahrir al-Sham (HTS), uma ex-afiliada da Al-Qaeda e a maior facção armada em Idlib.

As forças sírias e aliadas russas ameaçaram atacar o Idlib se a Turquia não cumprir seus compromissos.

A Síria tem sido dominada pela guerra civil desde março de 2011 com vários grupos terroristas, incluindo o Daesh, atualmente lutando contra o governo central. Enquanto isso, o Irã e a Rússia permaneceram aliados próximos da Síria e apoiam seu governo legítimo em face da militância apoiada pelos estrangeiros.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Arbaeen
Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018