EUA alcançam 'ponto máximo de loucura e histeria' na Síria, afirma mídia árabe

EUA alcançam 'ponto máximo de loucura e histeria' na Síria, afirma mídia árabe

Agora é a hora que Washington pode aproximar a situação da Síria “à beira do abismo”, pois os norte-americanos estão agravando a tensão do conflito e provocando aumento das atividades terroristas, de acordo com a mídia síria Thawra.

"A insistência estadunidense em obstruir todos os acordos e todas as regras internacionais para manter o caos e a tensão derivados da guerra, prova que os EUA alcançaram o ponto máximo de sua loucura e histeria", escreve o jornalista Fuad Wadi.

Sobre pretexto de estar combatendo o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e em outros países), Washington utiliza armas proibidas contra o povo sírio, inclusive fósforo branco, sugere o colunista. Tais ataques foram recentemente realizados contra a cidade de Hajin, no sudeste da província de Deir ez-Zor.

"Isto pode ser considerado como parte da atividade terrorista e outros crimes e projetos que têm um caráter destrutivo e afetam toda a região", comentou Wadi.

Além disso, também foi recordado que surgiram simultaneamente várias informações provenientes de habitantes dos subúrbios de Aleppo referentes a um futuro ataque sob a falsa bandeira contra civis, em que terrorista iriam usar armamento químico e posteriormente acusar o exército sírio.

"A loucura de Washington mostra não somente a perplexidade e impotência dos EUA ante sua derrota na Síria, como também […] sua firme crença que o conflito está muito perto de seu final definitivo", observe o jornalista.

A erradicação do terrorismo na região permitirá a vitória de Damasco e seus aliados, conclui a mídia.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018