Guterres "preocupado" com desaparecimento do jornalista Jamal Khashoggi

Guterres

As Nações Unidas referiam hoje que o secretário-geral António Guterres está "muito preocupado" com o desaparecimento do jornalista saudita Jamal Khashoggi e a violência contra outros jornalistas.

Stephane Dujarric, porta-voz da ONU, disse que o secretário-geral segue "de perto" o caso Khashoggi, e sublinhou que está a decorrer uma investigação em Istambul.

Responsáveis oficiais turcos referiram que o colaborador do diário norte-americano Washington Post foi morto no consulado saudita em Istambul e que o seu corpo foi retirado do local, sem no entanto fornecerem provas concretas.

As autoridades sauditas negaram as alegações, e o consulado garante que Khashoggi abandonou as instalações.

Dujarric disse hoje aos 'media' na sede da ONU em Nova Iorque que Guterres "tem sido um defensor dos jornalistas".

"De forma pública ou privada, o secretário-geral tem com frequência abordado esta questão com os Estados-membros", salientou.

A presidente da Assembleia Geral, Maria Espinosa Garces, também se manifestou "muito preocupada" com o desaparecimento de Khashoggi, de acordo com a sua porta-voz, Monica Grayley.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018