Irã condena o bombardeio da Arábia Saudita contra mulheres e crianças desalojadas do Iêmen

Irã condena o bombardeio da Arábia Saudita contra mulheres e crianças desalojadas do Iêmen

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Bahram Qasemi, condenou categoricamente o ataque saudita a um acampamento de famílias deslocadas internamente na cidade portuária de Hodeida, no Mar Vermelho, na quinta-feira.

Bahram Qasemi, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, condenou categoricamente o bombardeio de mulheres e crianças iemenitas deslocadas por sauditas.

O diplomata iraniano considerou os países que estão apoiando a Arábia Saudita com armas responsáveis pelos crimes contra civis que acontecem no Iêmen.

Qasemi fez as declarações referindo-se a um recente ataque aéreo saudita contra várias mulheres e crianças iemenitas deslocadas no distrito de Durayhimi, a 20 quilômetros da cidade portuária de Hodeida, no oeste do Iêmen. Postos de imprensa contam que o ataque matou quase 30 pessoas no Iêmen na quinta-feira, incluindo quatro mulheres e 22 crianças.

"Já se passaram 15 dias desde que os sauditas bombardearam um ônibus que transportava crianças da província de Saada, no norte do país, que o mundo está testemunhando outro horrendo crime contra o povo prejudicado do Iêmen", lamentou o diplomata iraniano.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018