Mísseis lançados por americanos contra governo de Assad não eram utilizados há 10 anos

Ao atacarem estruturas civis e militares sírias, os EUA usaram os mísseis de cruzeiro AGM-158 JASSM pela primeira vez em um combate real.

Assim, a edição The Drive recebeu uma foto em que se veem vários mísseis deste tipo carregados em um caça-bombardeiro estratégico B-1B que participou do ataque.

"Esta missão significa o primeiro caso de uso militar desta arma", explicam os autores do portal.

Não foi comunicado a nível oficial de onde saíram estes aviões B-1B, mas a emissora CNN escreve que em abril eles tinham sido flagrados na base Al-Udeid, no Qatar.

Além da aviação estratégica, os militares norte-americanos usaram navios equipados com mísseis de cruzeiro Tomahawk. O Reino Unido usou aviões Tornado e a França envolveu sua força naval, caças Rafale e Mirage, bem como aviões de reabastecimento e "radares voadores".

Os mísseis AGM-158 JASSM estão em serviço do exército estadunidense desde 2009, eles também foram exportados para a Austrália, a Polônia e a Finlândia. Estas armas podem ser transportadas tanto por bombardeiros norte-americanos, como pelos caças F-15, F-16 e F/A-18.

O alcance de tal míssil atinge 370 quilômetros, enquanto sua versão avançada pode voar até 1.000 quilômetros.

308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016