Brasil vence Costa Rica com 2 gols inesperados nos acréscimos

Brasil vence Costa Rica com 2 gols inesperados nos acréscimos

Hoje (22), a Seleção Brasileira realizou sua segunda partida do grupo E, no estádio São Petersburgo, após um empate atrapalhador com o time suíço no primeiro jogo.

Não é de duvidar que a equipe brasileira tem estado sob grande pressão após sua estreia na Copa, devido à evidente decepção dos seus torcedores com o resultado do confronto. O ambiente ficou ainda agravado pelo fato deste Mundial ter trazido pouca sorte para os tradicionais favoritos, como a Alemanha e a Argentina, por exemplo.

Antes do jogo, já se sabia que o técnico da seleção, Tite, entraria em campo contra a Costa Rica com o mesmo time da estreia. Neymar, a principal estrela brasileira, preocupava devido à dores no tornozelo, mas esteve em plenas condições de ajudar a equipe na vitória em São Petersburgo.

Desde o início a partida foi marcada pelo domínio brasileiro na posse de bola.

Durante o jogo, Neymar tentou marcar no 9º minuto, mas falhou, pois a defesa cortou o ataque. Enquanto isso, Casemiro saía de campo com um sangramento no nariz.

No 12º minuto, o time costa-riquenho efetuou um ataque com grande chance de pontuar, passando pela defesa brasileira, mas não acertou.

O camisa 10 da seleção, Neymar, tentou avançar, mas sofreu a 3ª falta no jogo passados menos 20 minutos desde o início.

Neymar fica deitado no gramado após uma falta por parte de Costa Rica, em 22 de junho de 2018, no estádio São Petersburgo

No 25º minuto do jogo, Gabriel Jesus fez um lance lindo, marcando contra as redes costa-riquenhas, mas arbitragem decidiu anular o gol devido a um impedimento.

No 37º minuto, o Brasil bateu seu 1º escanteio, mas continuou sem sucesso.

O 1º tempo terminou com um minuto de acréscimo e um empate de 0x0. Além disso, os jogadores do time canarinho cercaram a arbitragem logo após pênalti não marcado pela queda do Casemiro no 38º minuto.

Após o 1º tempo, o Brasil parecia continuar desiludindo a torcida. Já Neymar, sofria críticos por jogar mais um futebol "individual", razão pela qual foi muito criticado após a primeira partida contra a Suíça.

Logo antes do 2º tempo, Tite decidiu substituir Willian, que não conseguiu mostrar bom desempenho na primeira parte, pelo atacante Douglas Costa.

No 48º minuto, o goleiro costa-riquenho, também jogador do Real Madrid, Keylor Navas, salvou seu time de um ataque fortíssimo por parte de Neymar.

Em seguida, já no 49º minuto, Jesus bateu na bola com a cabeça, mas atingiu o travessão.

O Brasil pareceu ter voltado após o intervalo renovado como time. No 56º minuto, Neymar criou mais um momento perigoso para a equipe costa-riquenha, mas o goleiro voltou a salvar as redes.

No 67º minuto, o técnico da Seleção Brasileira optou por fazer mais uma substituição: Firmino entrou no campo em vez de Paulinho.

No 72º minuto, Neymar aproveitou de um momento lindo para abrir o placar, mas de novo falhou em acertar.

No 77º minuto, Neymar avançou e foi derrubado na área. A arbitragem usou a repetição em vídeo para ver se haveria pênalti, mas acabou descartando.

Placa dizendo Sem pênalti no jogo Brasil-Costa Rica, em 22 de junho de 2018, no estádio São Petersburgo

No 81º minuto, Neymar demonstrou uma compostura não esportiva, segundo a arbitragem, e recebeu cartão amarelo. Coutinho recebeu punição em seguida.

O 2º tempo acabou sem gols. Já no primeiro minuto dos seis acrescentados, o craque brasileiro Coutinho marcou o gol decisivo para a equipe canarinha.

Goleiro costa-riquenho, Keylor Navas, durante a partida contra o Brasil, em 22 de junho de 2018, no estádio São Petersburgo
No 97º minuto da partida, Neymar acabou marcando o segundo gol, que é o primeiro para ele neste campeonato.
308

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018