Delação de Palocci: Lula recebeu dinheiro vivo em propinas da Odebrecht

Delação de Palocci: Lula recebeu dinheiro vivo em propinas da Odebrecht

O ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, prestou depoimento à Polícia Federal (PF) após fechar um acordo de delação premiada sobre o esquema de corrupção da Petrobras e comprometeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De acordo com o relato de Palocci, apurado pelo jornal O Globo, houve envolvimento de Lula no esquema de arrecadação de propinas de empreiteiras citadas na operação Lava Jato por parte do PT.

Segundo o ex-ministro da Fazenda, houve ocasiões em que Lula recebeu pessoalmente pacotes de dinheiro vivo de propina da Odebrecht. Foi relatado que o valor dos pagamentos, realizados no final de 2010, chega a 50 mil reais. 

Ao falar da ex-presidente Dilma Rousseff, Palocci afirmou que a petista teria atuado para atrapalhar as investigações da Lava Jato ao nomear Lula para ministro da Casa Civil, em março de 2016.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin, rechaçou os relatos de Palocci e declarou que "qualquer afirmação de entrega de dinheiro ao ex-presidente Lula é mentirosa e, por isso mesmo, desacompanhada de qualquer prova". "Lula jamais pediu ou recebeu vantagens indevidas", frisou. 

Já Dilma Rousseff publicou uma nota afirmando que "o ex-ministro mente para sair da cadeia e não tem provas para sustentar acusações a ela ou Lula".

Condenado pelo juiz Sérgio Moro, Antonio Palocci está preso desde setembro de 2016 por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016