Trump dando instruções que ele mesmo viola

Trump dando instruções que ele mesmo viola

Perante a persistência do governo sírio em libertar completamente a província de Idlib dos terroristas, o líder norte-americano Donald Trump pediu à Rússia e ao Irã para que não participem de possível ofensiva, pois, caso contrário, cometeriam junto com Damasco um "grave erro humanitário".

Idlib continua sendo o último reduto de radicais no país árabe. A situação em torno da província piorou após Moscou e Damasco terem avisado que os militantes junto com os Capacetes Brancos estariam planejando encenar um ataque químico para culpar o governo sírio e justificar possível uso de força militar por parte de potências ocidentais.

Os EUA, o Reino Unido e a França coordenaram um ataque aéreo maciço contra a Síria em abril de 2018, depois que o alegado uso de armas químicas em Douma havia sido relatado pela controversa organização dos Capacetes Brancos, que foi repetidamente flagrada encenando ataques com uma bandeira falsa.


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016