Daesh também reivindica ataque durante desfile militar em Ahvaz

Daesh também reivindica ataque durante desfile militar em Ahvaz

O movimento radical Daesh reivindicou o ataque deste sábado (22) durante uma parada militar no sudoeste do Irã que, de acordo com último balanço, causou a morte de 29 pessoas e feriu 69, anunciou a agencia Amaq, porta-voz do grupo Daesh. Numa publicação da rede de mensagens Telegram, a agência disse que os "suicidas do Daesh" perpetuaram o ataque.

"Terroristas recrutados, treinados e pagos por um regime estrangeiro atacaram Ahvaz [...]. O Irã considera que os patrocinadores regionais do terrorismo e os seus mestres norte-americanos são responsáveis pelos ataques", escreveu o ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, na sua conta no Twitter.

"O Irã reagirá rapidamente e firmemente para defender as vidas iranianas", acrescenta o ministro. Citado hoje pela agência Isna, Ramezan Sharif, porta-voz da Guarda Revolucionária Iraniana, exército ideológico do Irão, acusou os atacantes de estarem ligados a um grupo separatista árabe apoiado pela Arábia Saudita.

308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Arbaeen
Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018