Dehqan: Participação em massa nas eleições é o maior impedimento às ameaças

  • Código da notícia : 830200
  • Font : parstoday
Brief

O ministro da Defesa, general de brigada Hossein Dehqan, descreveu na terça-feira a participação massiva dos iranianos nas próximas eleições presidenciais como o maior impedimento contra ameaças de poderes hegemônicos.

Falando em um encontro local, Dehqan enfatizou a importância da participação em massa nas eleições presidenciais de 19 de maio, salientando que naquele dia, a nação iraniana criará mais uma vez um épico que garantirá a sobrevivência da Revolução Islâmica do país.

Sobre a atual situação sensível e sofisticada no Oriente Médio, ele disse que os EUA e o regime sionista, bem como os governantes sauditas estão projetando tramas perigosos no âmbito da NATO árabe para continuar a crise, as guerras e derramamento de sangue na região.

Ele acrescentou que a nação iria chocar esses enredos malignos retratando sua união , solidariedade e força no dia das eleições.

Dehqan pediu ao povo iraniano que elejam  um presidente que decepcionará os inimigos.

Ele expressou certeza de que a nação iraniana vai criar uma epopeia e correrá às urnas em 19 de maio para ajudar a defender o poder do país e a segurança em derrubar as esperanças dos inimigos.

Quase 56,5 milhões de iranianos são elegíveis para votar, que  de acordo com uma pesquisa realizada pela Agência de Notícias da República Islâmica (IRNA) em 7-8 de maio, cerca de 66,7 por cento participarão das eleições.

Os eleitores devem ter pelo menos 18 anos no dia das eleições, ou seja, as pessoas nascidas antes de 19 de maio de 1999 poderão votar nas eleições.

Ebrahim Raeisi, Custodiante do Imam Reza (AS) santuário sagrado; Primeiro Vice-Presidente Eshaq Jahangiri; Ex-ministro da Cultura e da Orientação Islâmica Mostafa Mirsalim; E o ex-Ministro da Educação Física Mostafa Hashemi Taba, bem como o Presidente Hassan Rouhani são os cinco candidatos a concorrência  à Presidência nas respectivas  eleições .

Mohammad Baqer Qalibaf, que atua como prefeito da capital iraniana, foi o sexto candidato que se retirou da corrida presidencial em favor do candidato a principista Raeisi na segunda-feira.

Liberando uma declaração, Qalibaf pediu a seus apoiantes  apoiar Raeisi no dia 19 de maio durante as eleições presidenciais.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016
A MENTIRA

A MENTIRA

O Perdão

O Perdão