Irã na noite de Eid Said Ghadir Khum, toda paixão e alegria.

  • Código da notícia : 853134
  • Font : parstoday
Brief

"Ali é a porta do meu conhecimento, revelador a minha nação, o que propaguei em missões depois que me for. O amor por ele é símbolo de fé e o desprezo por ele é símbolo de hipocrisia".

Amanhã, o Sábado, 18 de Dhel-Hijah de 1438 AH, coincide com 9 de setembro de 2017, é um dia feliz no Irã denominado Eid Ghadir Khan, uma grande festividade muçulmana.

Ghadir Khom é nome de uma região entre Meca e Medina, onde o Profeta Muhammad (P.E.C. E), na sua ultima peregrinação a Meca (Hijat al-Wawa), declarou o Imam Ali (AS), o primeiro Imam dos xiitas, como guia “Wali” dos muçulmanos depois dele.

Profeta Mohammad (P.E.C. E) no retorno de seu último Hajj, num lugar chamado Ghadir Khom, onde todos os muçulmanos que tinham participado no Hajj estavam reunidos, apresentou o Imam Ali (S.A) como o seu herdeiro, irmão e sucessor designado por Deus Todo-Poderoso.

O Profeta do Islã (P.E.C. E) declarou num importante sermão: “Aquele que lhe sou soberano, este o será. Deus aprovará quem o aprovar e amaldiçoará aquele que se inimizar com ele...".

Certos momentos da vida do Profeta do Islã (PBUH), pela vários aspetos, possui uma importância particular, um dos mais destacados é o incidente do Ghadir Khom.

O Mensageiro de Deus, o privilegiou com o título de "Amir Al- Mu'Minin" (Príncipe dos Crentes), e o nomeou seu sucessor no dia de "Al-Ghadir". Em sua homenagem desceu a revelação do versículo 3 da Surata 5 (Surata Al Meada) “Hoje completei para vós; tenho-vos agraciado generosamente, e aponto o Islã por religião; bem como Deus Supremo infligiu o sofrimento sobre aquele que negar a sucessão de Ali e sua glória e omitir o testemunho sobre essa sucessão”.

O acontecimento foi registrado nos livros de história, em que, após a nomeação de Ali Ibn Abi Táleb pelo Mensageiro de Deus para "Califa", isto é, sucessor Imam e Governante dos muçulmanos, o Profeta Mohammad ordenou que cada um dos presentes notifique os ausentes. Certo homem chamado Al-Hareth Ibn Naaman, não ficando satisfeito com esta decisão, foi ter com o Mensageiro de Deus na Mesquita e disse-lhe: "Ó Mohammad (Deus o abençoou e a sua Linhagem e os saudou), tu nos ordenastes de que não há divindade além de Deus e que és o seu Mensageiro e nos aceitamos; ordenastes-nos rezarmos cinco orações todos os dias e jejuarmos no mês de Ramadan e peregrinar a Caaba e pagarmos o Zacat e concordamos com tudo isto, porém, como se não bastasse, agora vens impor-nos o vosso primo como sucessor, preferindo-o a todos os demais dizendo-nos: “Aquele que eu sou seu soberano Ali o será também”!” Afinal, isto vem de vós ou vem de Deus? 

O Mensageiro de Deus (P.E.C. E) olhou-o firme e, com os olhos vermelhos pela indignação lhe respondeu: “Por Deus! Que não há divindade além Dele, que isto é de Deus e não de mim!" repetindo a frase por três vezes. 

Eid Ghadir Khum, apontado como uma grande festa “Eid Al-Akbar” nas narrações islâmicas, pode ser interpretado como a maior festa em todas as religiões divinas, porque neste dia é realizado esforços de todos os mensageiros divinos.

Os fiéis e crentes iranianos realizam celebrações à noite e no dia de Eid Al-Ghadir Khom, presenciam em lugares religiosos e mesquitas, distribuindo doces e realizam vários festivais, incluindo visitar uns aos outros.

A IRIB felicita a Eid Al-Qadir Khum a todos os xiitas e outros muçulmanos e amantes da liberdade no mundo inteiro.

 308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Arbaeen
Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016
A MENTIRA