Irã pede ação internacional para ajudar os muçulmanos de Myanmar

  • Código da notícia : 853282
  • Font : parstoday
Brief

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, instou no sábado os órgãos internacionais e os vizinhos de Myanmar a apoiar os muçulmanos neste país do sudeste asiático.

"O mundo islâmico não pode ficar em silêncio sobre esses incidentes", disse o presidente Hassan Rouhani, referente à limpeza étnica de muçulmanos Rohingya no país da maioria budista.

Falando aos repórteres antes de sua partida para o Cazaquistão para uma conferência internacional, o presidente pediu aumento da pressão sobre o governo e o exército de Myanmar para proteger os civis de Rohnigya.

"Os vizinhos de Mianmar, como a China e Bangladesh, devem cooperar para ajudar os refugiados", acrescentou.

O presidente Rouhani disse também que será realizada uma reunião para discutir a crise em Myanmar à margem da Cimeira de Cooperação Islâmica (OIC) sobre Ciência e Tecnologia em Astana, no Cazaquistão.

Mais de um quarto de milhão, na sua maioria, refugiados Rohingya fugiram de Myanmar para Bangladesh, disseram as Nações Unidas na quinta-feira (7 de setembro), quando os corpos se lavaram depois que os barcos afundaram tentando atravessar o rio que divide os países.

Nas últimas duas semanas, 164 mil civis Rohingya, em sua maioria, fugiram para Bangladesh, lotando os campos de refugiados que já estavam cheios .

 308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Arbaeen
Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016
A MENTIRA