Líder: Irã se manterá firme contra a intimidação dos EUA

O Líder da Revolução Islâmica, o aiatolá Seyed Ali Khamenei, disse quinta-feira que o país persa permanecerá firme contra as tentativas de intimidar os EUA e acrescentou que outras nações muçulmanas devem fazer o mesmo contra inimigos e poderes arrogantes.

"A nação iraniana resistiu com sucesso nos últimos 40 anos contra tentativas de intimidação das potências arrogantes e continuará a resistir (...) E hoje o seu progresso, habilidades e poder ter aumentado mais do que nunca", frisou o líder iraniano.

Falando em uma reunião com os participantes da International Holy Quran Concurso 35, realizada em Teerã, capital do Irã, o aiatolá Khamenei pediu a todos os países muçulmanos se unam contra os Estados Unidos e outros inimigos.

Líder iraniano para o presidente dos EUA, Donald Trump, "humilhou" muçulmanos, quando disse descaradamente que os líderes de alguns países árabes não poderia permanecer no poder até mesmo uma semana sem a proteção de Washington.

Ele então disse que o Alcorão ensina os muçulmanos a confrontar arrogantes e "bandidos", mas hoje alguns estados muçulmanos romperam sua união com outras nações muçulmanas e se aliaram a Israel, o que resultou em guerras e crimes. no Oriente Médio.

Além disso, o líder iraniano lamentou a tragédia no Iêmen, onde casamentos se tornam cerimônias de luto e pessoas são bombardeadas nas ruas; e a má situação dos povos da Síria, Afeganistão e Paquistão, porque assegurou que esses problemas tenham sua origem na ignorância dos concílios do Sagrado Alcorão.

308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016