Líder pede a atualização do modelo islâmico-iraniano de progresso

Líder pede a atualização do modelo islâmico-iraniano de progresso

Após a preparação de um documento sobre "modelo islâmico-iraniano de progresso", o líder da Revolução Islâmica, aiatolá Seyed Ali Khamenei, pediu a todos os institutos, centros científicos, elites e acadêmicos que examinem em profundidade as várias dimensões do documento e apresentem recomendações e opiniões.

Em uma carta no domingo, ele pediu que organizações iranianas, centros científicos, elites e especialistas examinam vários aspectos do modelo islâmico-iraniano de progresso e ofereçam sua opinião consultiva para modificar, completar e atualizar o documento.

O Líder também encarregou "o Centro para o Modelo Islâmico-Iraniano de Desenvolvimento" de considerar cuidadosamente todas as propostas de conclusão, aperfeiçoamento e atualização do modelo, e elaborar um Modelo de Desenvolvimento Islâmico-Iraniano definitivo em não mais do que dois anos, para que o modelo pudesse ser posto em prática no início do novo século iraniano (daqui a pouco mais de dois anos).

O Líder acrescentou: "Com graça e orientação divina, os esforços de vários milhares de acadêmicos, professores e professores da universidade e do seminário, e jovens cientistas e especialistas, finalmente deram frutos, após sete anos de esforços, no 40º aniversário da vitória da revolução islâmica, dando-nos um modelo islâmico-iraniano de desenvolvimento e progresso.

Ao implementar este modelo islâmico-iraniano para o desenvolvimento, que é uma tarefa enorme, difícil, mas certamente possível, uma nova civilização islâmica-iraniana surgirá nesta terra e ecossistema histórico - se Deus quiser.  

O Líder também instou o Conselho Supremo de Segurança Nacional, o Parlamento, a administração, universidades e escolas religiosas a ajudar a melhorar o modelo de progresso islamista-iraniano.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018