Líder Supremo concedeu indulto aos 537 prisioneiros por ocasião de Eid Al-Fitr

Líder Supremo concedeu indulto aos 537 prisioneiros por ocasião de Eid Al-Fitr

Líder Supremo da Revolução Islâmica, aiatolá Seyed Ali Khamenei concedeu indulto e comutou de penas aos 537 condenados por diferentes penas pelos tribunais iranianos.

O indulgencia foi concedido à recomendação do Chefe judiciário, aiatolá Sadeq Amoli Larijani por ocasião da festa do Eid Al-Fitr.

O artigo 110 da Constituição atribui ao Líder o direito de indulgencia ou redução da pena dos condenados mediante recomendação do Chefe do Judiciário.

A clemência, no entanto, não se aplica a todos os tipos de condenados, incluindo aqueles que foram sentenciados por praticar luta armada contra o país, os traficantes armados ou grupos de crimes organizados, estupro, assalto à mão armada, contrabando de armas, abdução, suborno e desfalque.

A festa do fim do jejum, ou seja, a Eid Al-Fitr, é um importante feriado religioso celebrado por muçulmanos em todo o mundo.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Arbaeen
Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018