Ministro da Defesa diz que laços entre Irã e China são "estratégicos"

Ministro da Defesa diz que laços entre Irã e China são

O ministro da Defesa iraniano, brigadeiro general Amir Hatami, que está em visita oficial à China, sublinhou a importância de relações mais estreitas entre Teerã e Pequim em várias áreas militares.

Falando a repórteres em sua chegada a Pequim na noite de quinta-feira, o brigadeiro-general Hatami descreveu os laços entre Irã e China como "antiquíssimos e estratégicos" e disse que os líderes insistem em esforços para estimular a cooperação mútua, o que exige numerosas consultas.

Ele disse ainda que a maior parte dos laços estratégicos entre Teerã e Pequim está relacionada ao setor de defesa, acrescentando que os dois países desfrutam de uma relação de defesa de longa data desde a vitória da Revolução Islâmica em 1979.

O ministro da Defesa também apontou os objetivos da sua viagem ao país do leste asiático e disse que participaria de reuniões com altas autoridades chinesas e visitaria vários locais militares e industriais do país.

Encabeçando uma delegação de alto escalão, o brigadeiro-general Hatami chegou a Pequim a convite oficial de seu colega chinês. Como secretário da força-tarefa do Irã para o desenvolvimento das costas de Makran (uma zona comercial e portuária no sul do Irã), o ministro da Defesa iraniano também se encontrará com vários funcionários econômicos chineses.

O Irã e a China têm estreitas relações diplomáticas, econômicas, comerciais e energéticas e, nos últimos anos, também desenvolveram suas relações militares. Em novembro de 2016, os ministros da Defesa do Irã e da China assinaram um acordo em Teerã para melhorar a cooperação de defesa entre os dois países.

 


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018