Nomeada pela primeira vez uma mulher como presidente da Iran-Air

  • Código da notícia : 842290
  • Font : parstoday
Brief

Pela primeira vez na história da aviação civil iraniana, uma mulher presidirá a companhia aérea nacional Iran-Air.

Ministro iraniano dos Transportes e Desenvolvimento Urbano, Abbas Ajundi nomeou na terça-feira Farzane Sharafbafi a dirigir a empresa, substituindo Farhad Parvaresh, que representa a República Islâmica do Irã na Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), em Montreal, Canadá.

Sharafbafi, 44, doutorada em Engenharia Aeroespacial e Astronáutica, eram um membro do conselho da Iran-Air e presidiu o departamento de pesquisa da empresa.

Ela também ajudou a implementar de vários projetos de aviação e aeroespacial ministrando vários cursos na prestigiosa Universidade de Tecnologia de Amir Kabir e Universidade de Aeronáutica Shahid Sattari.

O ministro de Transportes e Desenvolvimento Urbano encomendou a Sharafbafi a execução de projetos de renovação e dar o impulso frota velha de aviões de passageiros de companhias aéreas estatais.

Iran-Air chegou a um acordo em dezembro com a multinacional norte-americana Boeing sobre a compra de 80 aviões de passageiros no valor de 16.600 milhões de dólares. Da mesma forma, em janeiro, a companhia aérea iraniana assinou acordos para adquirir 118 aeronaves Airbus, estimadas em 25.000 milhões de dólares, mas depois reduziu o pedido ao Irã para a 112.

A companhia aérea recebeu sete novos aviões ocidentais desde a entrada em vigor de o acordo nuclear 2015 assinados por Teerã e o Grupo 5 + 1 (os EUA, o Reino Unido, França, Rússia e China, mais a Alemanha), que desbloqueou a venda de aviões civis para o Irã. Entregas incluiu quatro da aeronave turboélice 20 ATR 72-600 que Iran Air solicitou aos fabricantes de máquinas ATR franco-italianos e três aeronaves Airbus.

 308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Arbaeen
Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016
A MENTIRA