O clérigo apela ao judiciário para punir os vandalos de recente agitação no norte de Teerã

O clérigo apela ao judiciário para punir os vandalos de recente agitação no norte de Teerã

Orador de Orações de sexta-feira de Teerã pediu ao judiciário a punir os autores de assassinato de cinco guardas de segurança que foram mortas recentemente em tumultos no norte de Teerã.

Na terça-feira, três policiais e dois Basijis foram violentamente atropelados por membros do culto Dervixe em protestos no norte de Teerã.

O aiatolá Mohammad Movahhedi Kermani disse nas preces de sexta-feira nesta semana que ninguém tem permissão a violar a segurança do país e cidadãos, elogiando a prudência da polícia iraniana em tratar com um grupo de perturbadores da ordem publica.  

O orador das Orações de sexta-feira de Teerã pede ao judiciário para punir os "criminosos" e perturbadores de ordem publica que danificaram o patrimônio publico, intimidaram as pessoas e mataram as forças de segurança durante o recente tumulto. “Movahhedi Kermani sublinhou que ninguém pode menosprezar a segurança do país.” A segurança não é um assunto que pode ser facilmente superado. As pessoas testemunharão o castigo severo  desses perpetradores” ressalto ele.

Líder de Dervixes Gonabadi condena crimes na rua norte de Teerã

Líder dos dervixes de Gonabadi (uma escola de sufi) Nour Ali Tabandeh, em uma declaração na quarta-feira, condenou fortemente as ações de alguns perturbadores que levaram ao martírio de três policiais e dois membros das forças Basij (voluntárias) na Avenida de Pasdaran no norte de Teerã (a capital).

Avenida de Pasdaran , no norte de Teerça apos o tumulto que ocorreu nesta semana

Ele também pediu a acusação contra os envolvidos no incidente. A declaração dizia: "Nos últimos dias, ocorreram incidentes amargos em torno da minha residência, desafiando os princípios religiosos e místicos sob os falsos pretextos... isso me deixou triste. Negligência, julgamento errado e a falta de cumprimento de minhas ordens diretas e conselhos por parte de alguns Dervixes causaram incidentes que verificamos nos últimos dias. Condenamos esses comportamentos”. Ele disse: "Os incidentes em que alguns membros de policia e Basij perderam a vida me desapontaram e também outros devotos. Manifesto as minhas condolências às famílias das vítimas e rezo a Deus Todo-Poderoso para que suas almas descansem em paz".

Ele disse que, quando uma pessoa, seja dervixe ou não, é morta de maneira injusta, ficaria triste. A declaração também citou o Tabandeh dizendo que ele não tem nada a ver com material provocativo publicado por certos sites e convidou todos os devotos a seguir suas ordens diretas em vez das atribuídas a ele em alguns sites.

Em uma das Avenidas no norte de Teerã, houve uma revolta na noite de segunda-feira. O tumulto foi subjugado pelas forças de segurança após algumas horas e os principais instigadores foram presos, segundo o porta-voz da polícia iraniana, Sayed Montazerolmahdi. Além das cinco forças de segurança, que foram mortas em ataques separados por atropelamento e esfaqueamento na noite de segunda-feira, 30 outros ficaram feridos no protesto.


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016