O parlamento iraniano vota em projeto da lei enfrentando os desafios dos EUA

  • Código da notícia : 847626
  • Font : parstoday
Brief

A Assembleia Consultiva Islâmica do Irã (Parlamento) votaria no domingo um projeto de lei que pretende enfrentar o “aventureirismo” e atos dos EUA a apoiar o terrorismo.

A Comissão de Segurança Nacional e Política Externa do Parlamento iraniano na quarta-feira deram o seu voto positivo para elaborar uma moção de urgência que vai votar numa sessão aberta que irá realizar no domingo, em resposta ao chamado “Ato contra a as atividades desestabilizadores do Irã”, que foi aprovado em 15 pelo Senado dos EUA para punir o Irã, precisamente por causa de seu programa de mísseis balísticos.

"O projeto tem sido considerado os aspectos das políticas hostis dos EUA na região (Oriente Médio) e fazer uma perfeita monitoramento do seu comportamento em diferentes áreas, incluindo atos terroristas e violações dos direitos humanos", observou o porta-voz da Comissão Seyed Hussein Husseini Naghavi, em uma entrevista publicada hoje pelo Rádio e Televisão da República islâmica do Irã (IRIB, em Inglês).

Este plano, diz o legislador atribui $ 609 milhões para vários órgãos do Estado, incluindo o Ministério dos Negócios Estrangeiros, o Ministério da Economia e Finanças, o Judiciário, o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) e a Força de Al-Quds para monitorar e investigar as ações dos norte-americanos na região.

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou por grande maioria, em julho de novas sanções contra a Rússia, Irã e Coréia do Norte. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na quarta-feira nas portas fechadas e longe das câmeras o projeto.

Autoridades iranianas dizem que a nova sanção amostra de hostilidade dos EUA que viola os artigos 26, 28 e 29 de acordo nuclear firmado em 2015 entre o Irã e os países do Grupo 5 + 1 (os EUA, o Reino Unido, França, Rússia e China mais a Alemanha).

308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016