Organização iraniana de energia atômica revela novos avanços nucleares

Organização iraniana de energia atômica revela novos avanços nucleares

O chefe da Agencia iraniana de energia atômica (AEOI), Ali Akbar Salehi afirmou nesta segunda-feira que o seu organismo pretende apresentar uma série de realizações nucleares no Dia Nacional de Tecnologia Nuclear.

Segundo o porta-voz da AEOI, Behrouz Kamalvandi, serão previstas a revelação de uma serie das conquistas nucleares para o Dia Nacional de Tecnologia Nuclear realizado em nove de abril.

Ele apontou aos bons progressos efetuados  na produção de água pesada, chamando o campo como a primeira prioridade da AEOI a ser perseguida no atual ano fiscal iraniano.

"Já exportamos nossa água pesada para os EUA e a Rússia, e alguns volumes menores para outros países", disse Kamalvandi. “No momento, estamos em negociações para ter um volume maior de água pesada exportada para outros países.” acrescentando, “nosso plano é usar água pesada como matéria-prima para outros produtos”.

Uma parte de tais esforços será revelada em 9 de abril.

Kamalvandi considerou a segunda prioridade do AEOI, o desenvolvimento de usos da radiação na medicina, acrescentando que “não temos quaisquer deficiências em termos de quantidade. Chegamos a um nível desejável na qualidade do uso da radiação na medicina, mas procuramos melhorar o nível para estar apto a competir com as melhores qualidades do mundo.”.

Ele acrescentou ainda que o chefe da AEOI, Ali Akbar Salehi, manifestou interesse em começar a trabalhar em novas tecnologias e tecnologia quântica na Organização de Energia Atômica. Segundo Salehi, a construção do primeiro hospital nuclear especializado do Irã - sem precedentes no oeste da Ásia - será lançado este ano e levará quatro anos para ser concluído. O hospital servirá para tratar doenças que são mais difíceis de curar, acrescentou ele.

Um dos projetos mais notáveis ​​e ambiciosos da indústria nuclear do Irã, que se tornou viável após a assinatura do acordo nuclear de 2015, é a construção de um importante hospital nuclear especializado, o primeiro da República Islâmica e considerado o maior em nível regional no Oriente Médio.

Em outubro de 2015, o plano para a construção do hospital nuclear para tratamento de pacientes que precisavam de medicamentos nucleares e radio fármacos estava em andamento sob um MoU assinado entre a Organização de Energia Atômica do Irã e o Ministério da Saúde. Em 5 de fevereiro, Kamalvandi disse que os bancos austríacos alocaram 200 milhões de euros em financiamento para equipar o hospital nuclear iraniano.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016