Presidente Rouhani: O poder de defesa do Irã contribui para a paz sustentável

Presidente Rouhani: O poder de defesa do Irã contribui para a paz sustentável

O presidente Hassan Rouhani pediu às Forças Armadas iranianas que fortaleçam sua prontidão diante das ameaças do inimigo, salientando que o poder de defesa do país contribui para a "paz sustentável".

Ele fez as declarações na terça-feira durante uma Exposição de equipamentos de defesa em Teerã, onde o primeiro jato de combate de fabricação nacional foi revelado na véspera do Dia da Indústria da Defesa Nacional.

"A história nos diz que, se não conseguirmos ser poderosos e permanecer firmes em nossos objetivos, há outros que nos forçarão a ajoelhar", enfatizou Rouhani. O presidente destacou ainda a importância geopolítica da região e disse que "os inimigos nos últimos 40 anos espalharam a iranofobia e procuraram a fazer as pessoas acreditarem que o Irã representava uma ameaça à sua existência, sobrevivência e dignidade".

Ele também destacou ainda a necessidade de o país preservar sua prontidão de defesa, dizendo: "Quando dizemos que estamos prontos em matéria defensiva, isso significa que buscamos uma paz sustentável e douradura". Rouhani pediu ainda que a nação iraniana “prepare-se contra pessoas e poderes, que visam avidamente o território, os recursos e a posição geográfica do país”.

Ele pediu a todos os setores políticos, militares, econômicos e culturais que ajudassem a fornecer segurança nacional, dignidade e poder "com o menor custo possível". O presidente definiu a dissuasão como “o poder que faz o inimigo achar uma invasão muita cara, em seus cálculos”, e disse: “A disciplina, educação, fé, motivação, armas e prontidão de nossas Forças Armadas podem atingir um nível que ninguém ousaria nos atacar.

“EUA não confiam no Irã, nem nos seus fies aliados próprios”.

Rouhani também mencionou a inimizade de décadas dos EUA em relação ao Irã e disse: “Por que os EUA não nos atacam? Porque estão cientes do nosso poder e do custo [que isso implicará]”. A República Islâmica cresceu e está muita despontada e “100% desconfiada dos EUA”, disse ele. “Não somos apenas nós que não confiamos na América. Hoje, até mesmo a Europa e a China não confiam neles; até mesmo os aliados fieis dos norte-americanos, como o Canadá, perderam a confiança.”

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018