Realocação de embaixadas dos EUA para acelerar o colapso do regime israelense: disse o general iraniano

Realocação de embaixadas dos EUA para acelerar o colapso do regime israelense: disse o general iraniano

O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas iranianas, Mohammad Hussein Baqeri, disse que a recente decisão do governo americano de transferir sua embaixada de Tel Aviv para Al-Quds facilitaria o colapso do regime sionista de Israel.

Segundo a agência de notícias Tasnim, falando aos repórteres durante uma grande manifestação anti-israelense em Teerã na sexta-feira para marcar o Dia Mundial de Al-Quds, o general Baqeri apontou a alta participação nas manifestações e disse que as marchas fizeram a unidade do muçulmano mais visível”. A unidade prova que "o jogo" que os EUA jogaram ao realocar sua embaixada para Al-Quds não foi capaz de prejudicar a causa dos muçulmanos (a libertação da Palestina), observou ele.  

"Esses são fatores que farão com que Israel entre em colapso mais cedo", disse o comandante iraniano. As declarações foram feitas durante as manifestações em todo o país que marcaram sexta sexta-feira o Dia Mundial de Al-Quds, em mais de 900 cidades do Irã, com milhares de repórteres cobrindo o evento.

O Dia Mundial de Al-Quds é um evento anual durante o qual os manifestantes expressam sua solidariedade com o povo palestino e oposição à ocupação dos territórios palestinos pelo regime sionista de Israel. O dia também é visto como o legado do falecido fundador da República Islâmica do Irã, Imam Khomeini (que Deus abençoe sua alma), que declarou oficialmente a última sexta-feira do mês sagrado do Ramadã como o Dia Mundial de Al-Quds em 1979.

308


Conteúdo relacionado

Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016