Teerã protesta contra Dinamarca por acusações a serviço secreto do Irã

Teerã protesta contra Dinamarca por acusações a serviço secreto do Irã

A Agência Dinamarquesa de Segurança e Inteligência (PET) acusou oficiais da inteligência iraniana de planejarem o assassinato de um oficial de grupo separatista iraniano em solo dinamarquês, informou a imprensa local. Teerã nega.

O ministro das Relações Exteriores de Rai convocou o enviado da Dinamarca em Teerã, que apresentou um protesto formal a respeito de anúncios sobre uma operação do Serviço Secreto iraniano no Estado nórdico, disse o representante oficial do ministério, Bahram Ghasemi.

"Nesta manhã, o enviado da Dinamarca a Teerã teve uma reunião com o chefe do primeiro departamento de assuntos do norte da Europa. Na ocasião, ele recebeu um protesto formal sobre a reação precipitada de vários políticos e meios de comunicação dinamarqueses em relação à detenção de um pessoa que tem cidadania norueguesa e iraniana e acusações de que ela estava planejando um homicídio na Dinamarca", observou Ghasemi.

Mais cedo, a polícia dinamarquesa anunciou a prisão de um cidadão norueguês com antecedentes iranianos em conexão com um suposto ataque da Inteligência iraniana contra um indivíduo na Dinamarca. Ao mesmo tempo, a polícia norueguesa confirmou que estava ajudando a polícia dinamarquesa na questão.

Teerã, por sua vez, rejeitou declarações feitas pelo chefe do Serviço de Inteligência e Segurança da Dinamarca (PET) sobre as atividades ilegais dos serviços de inteligência iranianos na Dinamarca.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018