10 caças MiG-31 equipados por mísseis hipersônicos Kinzhal são colocados em serviço

Dez caças-interceptores MiG-31 com mísseis hipersônicos Kinzhal, para superação dos sistemas de defesa antimíssil, já estão em serviço e prontos para ser usados, comunicou o vice-ministro da Defesa russo, Yuri Borisov.

"O MiG-31 é o seu portador [do míssil hipersônico Kinzhal], este avião é o mais adequado para acelerar esse míssil até a velocidade necessária e à altitude necessária. Para provar que não é algo irrealista [informo] que hoje em dia dez aviões deste tipo já estão em serviço e estão prontos para serem usados dependentemente da situação", disse Borisov em uma entrevista ao canal de TV russo Zvezda.

De acordo com o militar, esta é uma das novas armas sobre as quais o comandante em chefe do país, Vladimir Putin, falou em seu discurso anual à Assembleia Federal, em 1 de março passado.

"É um armamento moderno: um míssil hipersônico de alcance aumentado que, de fato, pode ultrapassar os sistemas de defesa antiaérea e antimísseis. Ele é invulnerável e tem um potencial bélico muito sério", especificou.

Mais cedo, o comandante-chefe da Força Aeroespacial da Rússia, Sergei Surovikin, havia comunicado que o complexo de mísseis do MiG-31 modernizado permitirá efetuar ataques contra alvos situados a mais de 2.000 km sem entrar na zona de defesa antiaérea do inimigo.

Ele frisou que "a capacidade de manobra do míssil a velocidades várias vezes superiores à do som lhe permitirá certamente ultrapassar todos os sistemas de defesa antimíssil e antiaérea existentes e em desenvolvimento".

Os aviões MiG-31 equipados com o complexo Kinzhal serão uma das novidades da Parada da Vitória, que se realizará na Praça Vermelha, em Moscou, em 9 de maio.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016