Birmânia diz estar preparada para receber refugiados rohingya

Birmânia diz estar preparada para receber refugiados rohingya

Um ministro da Birmânia disse ao presidente do Bangladesh que o país está preparado para receber os refugiados da minoria muçulmana rohingya, após pedido de Daca sobre o regresso seguro e digno de milhares de pessoas fugidas em 2017.

O ministro do Interior da Birmânia, Kyaw Swe, durante uma visita de três dias ao Bangladesh, disse ao presidente Abdul Hamid que o país está preparado para receber os refugiados.

De acordo Joynal Abedin, porta-voz do presidente do Bangladesh, a Birmânia garante que vai implementar as recomendações transmitidas pela comissão das Nações Unidas liderada por Kofi Annan, antigo secretário-geral da organização.

O mesmo porta-voz expressou preocupação sobre a situação da minoria rohingya acrescentando que o Bangladesh defende medidas de "segurança e dignidade" como garantias para o regresso dos refugiados.

Kyaw Swe prevê encontrar-se com membros do governo do Bangladesh durante a visita a Daca.

Um comunicado do Ministério do Interior birmanês disse que Kyaw Swe, autoridades policiais e diplomáticas que fazem parte da comitiva pretendem discutir questões fronteiriças, legislação sobre segurança e outros assuntos.

Cerca de 700 mil civis da minoria rohingya fugiram para o Bangladesh desde o passado mês de agosto na sequência de uma operação militar da Birmânia, justificada como uma ação contra "terroristas".

Filippo Grandi, responsável das Nações Unidas pela questão dos refugiados, disse na quinta-feira no Conselho de Segurança da ONU que não estão criadas as condições para o regresso voluntário dos refugiados porque a Birmânia negou direitos de cidadania aqueles que pretendem voltar ao país de origem.

A repatriação devia ter começado no princípio de janeiro, mas o Bangladesh demonstrou preocupações sobre situações de segurança.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016