Daesh reivindica ataque em Toronto que fez dois mortos e 13 feridos

Daesh reivindica ataque em Toronto que fez dois mortos e 13 feridos

No domingo, Faisal Hussain abriu fogo em uma avenida no bairro de Greektown, que é uma região movimentada e popular por seus cafés e restaurantes. Duas pessoas morreram e 13 ficaram feridas.

Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque que deixou dois mortos e 13 feridos, em Toronto, no Canadá, na noite de domingo (22). Faisal Hussain, de 29 anos, abriu fogo em uma avenida no bairro de Greektown, que é uma região movimentada e popular por seus cafés e restaurantes.

O atirador "era um soldado do Estado Islâmico e realizou o ataque em resposta aos chamados para atacar os cidadãos dos países da coalizão", afirmou o grupo radical em comunicado divulgado nesta quarta-feira (25) pela agência Amaq. O Estado Islâmico não apresentou provas de vínculo com o atirador, que morreu na ação.

Um vídeo feito por uma testemunha, que circula pelas redes sociais e foi divulgado pela TV canadense CBC, mostra um homem armado vestido com casaco e chapéu pretos andando apressado em uma calçada e disparando três tiros contra uma loja e um restaurante. Veja abaixo:

O atirador disparou diversas vezes contra diferentes grupos em uma avenida do bairro de Greektown, por volta das 22h (no horário local).

Uma testemunha, Jody Steinhauer, estava em um restaurante no local e disse à CBC News que ouviu entre 10 e 15 tiros disparados. Ela disse que os funcionários do estabelecimento pediram aos clientes que corressem para os fundos do restaurante. "Começamos a ouvir as pessoas gritando na frente", afirmou.

A polícia localizou o atirador em uma rua próxima e houve troca de tiros. Faisal Hussain consegiu fugir e, mais tarde, foi encontrado morto em outro local próximo.

Segundo o chefe da polícia, Mark Saunders, não está claro como ele morreu. Nenhum policial ficou ferido na ação.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Arbaeen
Notícias do luto ao Imam Hussein pelo mundo
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2018