INÍCIO DO ABENÇOADO MÊS DE RAMADAN

INÍCIO DO ABENÇOADO MÊS DE RAMADAN

Deus, o altíssimo, disse em seu livro sagrado: “O mês de Ramadan foi o mês em que foi revelado o Alcorão, orientação para a humanidade e evidência de orientação e Discernimento. Por conseguinte, quem de vós presenciar o novilúnio deste mês deverá jejuar; porém, quem se achar enfermo ou em viagem jejuará, depois, o mesmo número de dias. Deus vos deseja a comodidade e não a dificuldade, mas cumpri o número (de dias), e glorificai a Deus por ter-vos orientado, a fim de que (Lhe) agradeçais” (C. 2 – V 185).

Milhões de pessoas em todo o mundo começarão o mês de jejum do Ramadã na quinta-feira, de acordo com a observação da Lua, uma metodologia costumeira por líderes religiosos em vários estados de maioria muçulmana.

No Irã e outras grandes nações muçulmanas, declararam que o Ramadã na quarta-feira com base em uma metodologia costumeira de observação da lua. Isso significa que o jejum do amanhecer ao anoitecer deve começar na quinta-feira. 

Os muçulmanos evitam a comida e até a água durante o mês, que este ano cai em dias de verão especialmente longos para aqueles que vivem nos países do norte.  O jejum tem o objetivo de aproximar os fiéis de Deus e lembrá-los dos menos afortunados. 

O jejum é considerado um dos cinco pilares do Islã. Durante o dia, os muçulmanos devem abster-se de comer, beber, sexo, fofoca e xingamentos, e são encorajados a se concentrar em atos meditativos como a oração, a leitura do Alcorão e a caridade.

Há exceções ao jejum para crianças, idosos, doentes, mulheres grávidas, amamentando ou menstruadas, e pessoas que viajam. Como os muçulmanos seguem um calendário lunar, os países geralmente declaram o início do Ramadã com um ou dois dias de intervalo. Tradicionalmente, os países anunciam se o conselho de observação da lua vê o crescente do Ramada na noite anterior ao início do jejum.

Em muitos países de maioria muçulmana, os ricos distribuem alimentos e dinheiro para os pobres, com mesquitas e voluntários distribuindo bebidas e alimentos para os transeuntes que precisam de ajuda ou simplesmente para quebrar o jejum. 

O Ramadã é também uma época para festejar com a família e amigos. O horário noturno é movimentado em muitos países de maioria muçulmana no Ramadã, e milhões assistem aos especiais de televisão do Ramadã.  Os muçulmanos celebram o fim do Ramadã com um feriado de três dias chamado Eid al-Fitr.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016