A noite do Decreto, uma noite para pedir perdão e o arrependimento.

A noite do Decreto, uma noite para pedir perdão e o arrependimento.

Laylatul Qadr (A Noite do Decreto) é a coroa de glória do mês sagrado do Ramadan. É associada com a descida do magnífico Alcorão, o último Livro de Deus para Seu último Profeta, Muhammad(P.E.C.E), para a orientação da humanidade. O Alcorão descreve esta noite.

Sabei que o revelamos (o Alcorão), na Noite do Decreto. E o que te fará entender o que é a Noite do Decreto? A Noite do Decreto é melhor do que mil meses. Nela descem os anjos e o Espírito (Anjo Gabriel), com a anuência do seu Senhor, para executar todas as Suas ordens.
 (Ela) é paz, até ao romper da aurora!

(Alcorão, Surata 97)

A Noite do Decreto é a noite de êxtase espiritual. Nosso Mensageiro é relatado por ter dito a respeito do Ramadan: “Na verdade este mês chegou a você; e nele há uma noite que é melhor do que mil meses. Todo aquele que é privado dele, é privado de todo o bem; e ninguém é privado de seu bem, exceto uma pessoa totalmente infeliz. Todo aquele que se levanta (em oração), na Noite do Decreto devido à fé e esperança de recompensa, todos os seus pecados passados serão perdoados”.

O profeta continua, “o senhor em todas as noites do Ramadã, diz esta frase três vezes: alguém tem pedido então me peça para lhe conceder, que se arrepender, então eu vou aceitar o seu arrependimento”? Alguém pede que eu conceda o meu Perdão?

 

O Profeta Muhammad disse: “Laylatul Qadr foi agraciada por Deus para a minha Ummah (nação). Não foi dada a quaisquer pessoas antes disso.”

Como manifesto e repleto das bênçãos especiais e misericórdias de Deus Altíssimo estão sobre esta Noite é de fato além da imaginação humana. Será, portanto, extremamente tolo para nos permitir ser privados dessas grandes bênçãos à custa de pura preguiça e algumas horas de sono extra.

 

Nossos prezados companheiros! O Ramadã é o mês de Deus e o mês dos abençoados. O mês do Ramadã é o mês de perdão e libertação do castigo divino. O mês do Ramadã é o mês de pedir perdão, o mês do retorno a Deus. Devemos nos preparar nesse mês abençoado para recebermos o Ramadã como o Profeta Muhammad (P.E.C. E) disse: “foi nos dado Ramadã seja bem-vindo.” No qual Allah nos conceda sua misericórdia, perdoa nossos pecados e atende nossas súplicas “ Ramadan é o mês Louvor e temor, Ramadan é o mês de purificar a alma, Ramadan é o mês de dedicação, oração e caridade, Ramadan é o mês de leitura do Alcorão e jejum, e o mês de alegria e purificar o coração.

 

A adoração e vigília na Noite do Decreto são um deleite para a alma. O coração tende a derreter em lágrimas de gratidão sincera. O corpo está em um estado de êxtase angelical. A alma se esforça para chegar mais perto de Deus Todo Poderoso. Neste mês sagrado do Ramadan esforcemo-nos a procurar a Noite do Decreto e a sua bem-aventurança. Que Allah nos recompense com suas bênçãos abundantes. 

A Palavra “Toba” (arrependimento) significa retornar. Fisicamente, o retorno tem um sentido claro, ou seja, a pessoa segue certo caminho e depois decidir voltar. O arrependimento no coração e nos assuntos espirituais tem outro significado e significa deixar o pecado, retornar a Deus e pedir perdão a Allah. Para um melhor entendimento, suponha que queira ir para uma cidade no norte de seu país a partir da sua cidade, mas depois de 50 km, percebe que está se movendo para o sul na outra estrada, na direção oposta. Sem dúvida, freia imediatamente, mas será que somente parar pode corrigir e compensa de erro de 50 km? Certamente que não.  Você tem que contornar e voltar mais 50 quilômetros. Esta volta significa o arrependimento. Fazer freio é pedir perdão que nos fazemos no mês de Ramadã, expressando o nosso arrependimento a Deus, procuramos evitar mais erros e corrigir o passado, purificando os corações e o espirito. Com a chegada do Ramadã vem à felicidade a humildade, a benção, de Allah, devemos aproveitar essa oportunidade que Allah, nos dá todos os anos para renovar nosso temor, nossa devoção com Ele para não nos arrependermos de não ter praticado. “quem deixar o mês de Ramadan sem pedir perdão a Allah, quando ele pedirá.”

A bênção do arrependimento e a sua aceitação pelo Senhor são sinais de grande misericórdia e graça divinas. Como Imã Sajjad (S.A) apresenta a Allah nas orações dos sábios (a vigésima oração de Sahifah Sajjadiyah): "Meu Senhor, eu vim para o seu perdão, tenho estado entusiasmado com o seu perdão e generosidade. Confio na sua misericórdia, Ó Senhor, não trouxe consigo pelo qual mereço o seu perdão e, na minha ação e obra, não consigo encontrar algo que possa merecer a sua anistia e; depois de me considerar condenado, não há outro caminho a não ser a sua benção e misericórdia”.

O pico da bênção e misericórdia de Deus no mês sagrado do Ramadã será na noite de destino ou na noite de Decreto. Devido à atenção de Deus e os efeitos que são estabelecidos nessas noites, ou os eventos que aconteceram ou estão ocorrendo, estas noites têm um significado especial. A grandeza e dignidade dessas noites são tão altas que Deus diz na Surata Al-Ghadr: "E o que você sabe, qual é magnitude de esta noite?" Então é considerado superior a mil noites e explicitamente considera está noite desde o início até o amanhecer como repleto da “Sanidade”.

De fato, o Senhor, em virtude de esta noite, proporcionou uma oportunidade para completar as boas ações dos crentes e para compensar suas deficiências. Imam Baqir (AS) diz: "Se Deus não multiplicar as obras dos crentes, eles não atingirão o limite da perfeição. Na noite do Decreto, suas boas obras serão multiplicadas". O segredo da felicidade dos seres humanos na noite de Decreto é também aqueles deveres e atos que os fieis fazem com entusiasmo e espontaneamente. Deus chame a noite de Decreto como um dia feliz, quando os anjos descem sob a permissão de seu Senhor a terra cada um para uma função especifica. É claro que um coração limpo, longe da infecção humana, pode se tornar o lugar do recebimento destes anjos.

Em outra narração do Imam Sadiq (as), falou com um de seus discípulos, chamado Abu-Bassir, dizendo: "Nesta noite, serão definidas os eventos, mortes e o destino dos fieis até a noite seguinte, então nesta fique acordando o seu Senhor e faça muita oração. Abu-Bassir disse: “E se eu não pudesse ficar de pé para rezar?” Imam disse: “Faça sentado” faz como puder, porque a as portas do céu estão abertas e os Satanases estão acorrentados, e as ações dos crentes são aceitas".

A noite do Decreto é a noite de esperança. Se não houver esperança par o ser humano, ele cairá no declive e no abismo. A esperança é a chave para a continuidade da vida e, à sombra da esperança, pode-se percorrer o caminho do progresso e da exaltação. Aqueles que passaram parte das oportunidades de sua vida em ruína não devem ficar desapontados em alcançar a fonte da pureza. O Ramadã é uma grande oportunidade. Abre janelas para entrar a luz e a esperança pela vida.

Noites de Decreto são as mesmas janelas de esperança que estão localizados no Ramadã. Noites incalculáveis. O ponto que reconecta os servos ao seu Criador que começou desde o início do Ramadã e o seu ponto culminante atingirá nas noites de Decreto. Nestas noites, não existem intermediário entre o homem e Deus, e os escravos sem obstáculos e abertamente estão perante a iluminação divina.

 A narrativa do Profeta do Islã que ele disse: "o Profeta Moisés disse ao Seu Senhor:" Eu procuro a sua aproximação. "Ele disse:" Aproximação a mim somente será por alguém que seja acordado durante a noite do Decreto. "A misericórdia divina" disse-lhe. "Deus disse:" minha misericórdia se conceda a quem tenha misericórdia para com os pobres na noite do Decreto. ", disse ao seu Senhor que procurava o seu caminho e Deus respondeu:" Isso é para alguém que faça caridade na noite do Decreto", disse a seu Senhor: Quero  fruto do paraíso. " Ele disse: "isto é para alguém que faça adoração e o meu louvor na noite do Decreto". Moises  disse: Ó meu Senhor procuro a salvação, e Ele disse: "o salvamento do fogo?" disse que Sim. E Deus lhe respondeu: "isso é para alguém que faça o arrependimento e perdão  durante a noite de Decreto. Disse: "Meu Senhor quero a sua satisfação e Deus todo-poderoso respondeu: "a minha satisfação é  para alguém que faça oração na noite do Decreto.

A noite do Decreto pode ser um bom momento de ponderação e se avaliar dos atos do seu passado. Indiscutivelmente isto será feito num mês que é melhor do que mil meses, contenha bênçãos da abundância. Um momento de contemplação do seu futuro. Que propósito neste mundo, e finalmente para onde ir?

Por esta razão nas narrativas, aponta o valor de uma hora de pensamento como superior a 70 anos de adoração. Nesta noite, com uma conexão com a fonte da clemência se pode saborear um novo conceito da vida. O arcanjo Gabriel, sobre a noite do decreto, dirigida ao profeta: “Ó Muhammad! A noite do Decreto, é uma noite que nenhuma oração e suplico dos adoradores fique sem resposta e não há arrependidos a não ser que o seu arrependimento seja aceito.

Ó Allah conceda gloria ao Islã e aos muçulmanos, proteja a unidade de sua religião, destrua os inimigos do Islam. Ó Allah conceda a vitória a sua religião e de seu Livro e a Sunna do Profeta Muhammad (SAAW) Ó Allah conceda piedade a nossas almas. Ó Allah cure aqueles que estão doentes. Ó Allah abençoe as almas daqueles que já morreram. Ó Allah nos pedimos que nos perdoe e tenha misericórdia de nós. Ó Allah nos faz pacientes tanto na dificuldade como na facilidade da vida. Ó Allah aceite nosso Jejum de Ramadan. Que a Paz e as bênçãos estejam com nosso amado Profeta Muhammad sua família, companheiros . 

 

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016