O Imam Mahdi (Que Deus acelere seu advento), o salvador prometido (especial pelo seu auspicioso nascimento).

O Imam Mahdi (Que Deus acelere seu advento), o salvador prometido (especial pelo seu auspicioso nascimento).

Hoje é o dia 15 do mês de Shaaban que coincide com o aniversário do salvador do mundo, o Hazrate Mahdi (que Deus acelere sua chegada). Ele nasceu no alvorecer daquele dia no ano 255 da Hégira lunar, na cidade de Samarra.

Ele é o Messias que, por ordem de Deus e em uma época que somente o Senhor conhece, após uma longa ausência, abençoará o mundo com a sua chegada para encher este planeta de justiça e segurança. A paz e as bênçãos de Deus para o santo reinado do Imam Mahdi e com aqueles que estão esperando por seu advento. Para esta ocasião especial, temos um programa especial.

Numa madrugada na meada do mês de Shaaban, foi anunciado o nascimento de ultimo flor do jardim de Imamato (a liderança religiosa), ou seja, o último de Imamato, aquele califa de Deus na terra que com a sua chegada se inicia a era de equidade, justiça, a paz e amizade no mundo.

O Deus sábio, antes da criação do homem, disse aos anjos: “Vou instituir um legatário na terra”! Perguntaram-Lhe: Estabelecerás nela quem ali fará corrupção, derramando sangue, enquanto nós celebramos Teus louvores, glorificando-Te? Disse (o Senhor): Eu sei o que vós ignorais (Versículo 30 da surata Vaca).

O primeiro califa de Deus na terra foi o profeta de Adão e consequentemente após a ele foram outros profetas e escolhidos que assumiram esta responsabilidade para que não se quebrar este vinculo entre as criaturas com o seu Criador.  A presença de califa de Deus na terra é uma das tradições e leis imutáveis ​​que existia no mundo. Um califa que é o espelho de toda a visão da verdade e, acima de tudo, estabelece conexão com Deus. Ser humano, como o califa de Deus na terra, é o mais perfeito, completa e superior criatura para refletir as perfeições e a bondade de Deus.

O Alcorão Sagrado conta a história de tribos diferentes e de como o Deus designou um profeta incomparável para todos eles. Algumas dessas tribos aceitaram a palavra deles e outras que se rebelaram, tinham caído na desgraça divina. Estas histórias do Alcorão têm uma mensagem geral, e que Deus não abandonará os seus servos sem guia, e esta é a tradição definitiva em todo o sistema da criação.

O Imam Ali (as), no primeiro sermão de Nahj al-Balaghah, depois de relembrar a criação da terra e do céu, e da criação de Adão (A.S.) diz: “Deus jamais permitiu que sua criação ficasse sem um profeta por ele instituído, ou sem um Livro procedente Dele, ou um argumento unificador ou uma alegação permanente.”.

O Hazrate Mahdi (AS) é o grande reformador que irá mudar o rumo da história e acabar com a injustiça e a tirania. Ele restaurará a segurança e a paz mundial na terra. A prosperidade virá com ele e não haverá lugar para a pobreza, a insegurança e o terrorismo.

Ele é a grande misericórdia que Deus, o Altíssimo, enviará para Seus servos, para fortalecê-los e guiá-los para a senda reta. Ele espalhará o verdadeiro Islã, que foi revelado pelo Senhor do Universo. Ele foi escolhido por Deus, o Altíssimo, dentre Seus servos prediletos para restaurar a paz social e instaurar os grandes valores na terra. Ele será a mais altruísta das pessoas, com visão impecável, coração nobre e conduta excelente.

A humanidade, que está sofrendo com problemas, guerras e catástrofes, será salva por um descendente da família do Profeta (P.E.C.E.) que foi anunciado pelo próprio Profeta (P.E.C.E.) e pelos grandes Imames (A.S.). As narrativas sobre a sua vinda são exatas e foram confirmadas pelos narradores e sábios. Os memorizadores estão em consenso em registrá-las nos livros de tradição fidedignos, ao ponto de quem duvidar de sua veracidade estar duvidando das obrigações da religião.

O Imam Mahdi (A.S) teve várias alcunhas, tais como: “Al-Muntazar”, ou seja, “O esperado”, pois ele está sendo esperado até o fim dos tempos; “Al-Qáem”, ou seja, “O Reformador” e “Sáheb Azzamán”, ou seja, “O Dono dos Tempos”, porque ele retornará no fim dos tempos e erguerá a bandeira da justiça e dos direitos humanos. Entretanto, ele é mais conhecido por “Al-Mahdi”, isto é “O Guia”, por ter sido realmente e o será, o guia do povo, depois da aberração e da hesitação.

O movimento histórico caminha de acordo com as leis e os preceitos sociais, tal como caminhavam as leis físicas e os preceitos físicos, e todos se regulamentam conforme a sabedoria e a bênção de Deus Altíssimo, a fim de proteger a humanidade e envolvê-la com o Seu apoio e sustentáculo, encaminhando-a as linhas traçadas para a felicidade e tranquilidade dos homens, em suas gerações, desde o seu início.

Da mesma forma se apresentaram os Imames, os tutores, os comandantes e os sábios devotos a Deus, numa extensão natural para o movimento dos Profetas (A.S), porém, a conduta divina na Terra, não prosseguiu de acordo com os desígnios de Deus Supremo, porque ela foi bloqueada pelos elementos do mal e os poderes da crueldade, os quais a combateram com todas as suas forças. Aliás, as biografias dos Profetas (A.S) são as testemunhas de horrendos massacres, de lutas e de perseguições por eles sofridas, numa batalha do Bem contra o Mal. Entretanto, o Poder de Deus Altíssimo e Suas determinações foram traçados para o futuro dos seres humanos com a paz e a justiça, e que sem dúvida, a nave da humanidade irá ancorar por fim, no litoral da felicidade e da segurança, e disto, uma grande variedade de Livros sagrados, já o mencionaram, mesmo antes do surgimento do Islã, os quais, unânimes, anunciaram a vitória da justiça através de um Reformador que estenderá os direitos humanos no fim dos tempos, opondo-se contra o mal e a crueldade. E a religião islâmica enriqueceu este pensamento e esclareceu-o em toda a sua extensão.

Muitos dos versículos corânicos aludem, de acordo com suas interpretações, sobre o Imam Mahdi e sua sucessão na Terra, assessorado pelos bondosos na formação de um Estado de Justiça e de Direito:

“Temos escrito nos Salmos, depois da mensagem, que a Terra herdá-la-ão meus servos meritórios”. (Surata Al-Anbiá, Cap. 21, V. 105)

 “Deus prometeu àqueles que dentre vós creram e praticaram o bem, fazê-los herdeiros da Terra, como fez com seus antepassados e consolidar lhes a sua religião que escolheu para eles e trocar-lhes a sua apreensão pela tranquilidade. Que me adorem e nada me atribuíam e aqueles que abjuraram depois disto, são, pois os depravados” (Surata Annúr, Cap. 24, V. 55).

“E queremos agraciar os subjugados na Terra, designando os Imames e constituindo-os os herdeiros”(Surata Al-Queças, Cap. 28, V. 5)

“Ele é quem enviou seu apóstolo no caminho reto e à religião da verdade para fazê-la prevalecer sobre todas as religiões, ainda que isto desgoste os idólatras”(Surata Assaf, Cap. 61, V. 9)

Os estudiosos e teólogos, intérpretes dos versículos corânicos, mencionaram que os mesmos foram revelados a fim de apontar o Imam Al-Mahdi (A.S) e a constituição de seu Estado abençoado.

O surgimento do último imã requer a passagem do tempo e preparativos, os quais podem ser o florescimento de talento, conhecimento e ética do povo e sua prontidão para acompanhá-lo.

Em sua vida social, o homem precisa de governo e governantes para preservar, sobreviver e progredir. Os seres humanos se submetem aos governantes para construir uma sociedade saudável e sossegada e livre de qualquer opressão. Mas ele não alcançou a este objetivo e cada vez mais testemunha a disseminação de várias opressões e tirania e misérias. Portanto, agora que o ambiente político e de segurança do mundo, está abalado por várias formas de intrigas em todos os lugares, o homem desesperadamente e profundamente deseja de compreender um tempo em que chegue um homem de Deus, e seja instalada a justiça. E este desejo ou expectativa, é um terreno adequado para a aceitação da governança global do Imam Mahdi (AS).

É claro, deve-se notar que essa expectativa não significa passividade e silêncio, de modo que as pessoas se sentam em um canto e não fazem nada para reformar e corrigir as coisas, mas esperar significa esperança e desejo. Esperança e desejo na vida humana é o fator mais efetivo de movimento e da resistência. O espírito e a essência desta esperança é o otimismo humano pelo futuro, que Deus prometeu efetivamente em versículos do Alcorão e em narrações.

O período do governo do Imam Mahdi é a era do florescimento de talentos e das diferentes ciências que o homem conseguiu entender ao longo de sua história. Com a chegada do salvador do mundo, a ignorância mudará com o conhecimento e os homens encontrarão sua dignidade perdida. É evidente que a origem da dignidade é o ensino das verdades que Deus deu aos seus crentes. Então, o homem se beneficiará do conhecimento da dignidade humana e da virtude. Enquanto o Senhor chama seus crentes para respeitar uns aos outros e também para respeitar os direitos materiais e espirituais. Ele acredita que seus crentes merecem viver no meio da verdadeira justiça e sem colonialismo, exploração, opressão que prejudique sua dignidade e respeito.

Portanto, os fatores que têm um papel importante na recuperação da dignidade humana são a justiça. Considerando que o significado da justiça é colocar qualquer coisa em seu lugar e posição, se entre as comunidades humanas a justiça for executada da melhor maneira, certamente, os indivíduos alcançarão sua posição elevada, que é a humanidade.

No entanto, a governança do Imam Mahdi vai acabar com a tirania e a injustiça e reacender todos os ideais bons e agradáveis, incluindo a dignidade humana em todo o mundo. O Imam aparecerá com apoio divino, vai abrir uma nova janela na história humana e dar uma nova vida aos homens.

Se entre os seres humanos e suas comunidades o espírito de imprudência e impiedade é fomentado e as pessoas, no cumprimento de seus deveres, esquecem seu Senhor, eles certamente avançarão para o abismo e a pobreza que é o oposto da perfeição e posição elevado da humanidade. É a vontade de Deus que, sob a bandeira do governo de Mahdi, o Oriente e o Ocidente estejam unidos na globalização, com seu significado real nos cenários da cultura, economia, política e outros campos.

Todo este programa é realizado sob a sombra da extensão do monoteísmo e da justiça. É isso que o Alcorão prometeu ao mundo. De fato, apenas imaginar essa sociedade pura e superior causa satisfação para as pessoas.

Aguardamos o dia em que os olhos de todos os seres humanos enxerguem a luz de Mahdi, o prometido, e com a liderança inigualável desse grande salvador, as pessoas realizarem seus sonhos e ideais.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016