• Câmara começa a analisar nesta semana 2ª denúncia contra Temer

    Em uma semana mais curta por causa do feriado de 12 de outubro, a Câmara dos Deputados começará a análise da segunda denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer pelos crimes de obstrução da justiça e organização criminosa. A acusação de organização criminosa é imputada também aos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco.

    Leia mais ...
  • Semana do cinema brasileiro no Irã

    A Semana do Filme Brasileiro começa em 7 de outubro e chega até 13 de outubro. O evento ocorre com a presença do diretor brasileiro Roberto Berliner nas três cidades de Teerã, Shiraz e Isfahan.

    Leia mais ...
  • Como Brasil vira parceiro agrícola cada vez maior da Rússia graças a sanções ocidentais

    Já é pela 15ª vez na sua história que, entre 11 e 14 de setembro, a exposição WorldFood Moscow reuniu os mais marcantes produtores de alimentos nacionais e estrangeiros. A Sputnik Brasil visitou o evento e falou com o chefe da delegação brasileira, Pedro Viana Borges, sobre as questões mais sensíveis dos laços comerciais com a Rússia.

    Leia mais ...
  • Temer jantará com Trump na chegada a Nova York na próxima semana

    O presidente Michel Temer irá jantar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em seu primeiro compromisso na visita aos Estados Unidos para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, na próxima semana, disseram à Reuters fontes governistas nesta segunda-feira.

    Leia mais ...
  • Solução para os problemas: Rio pode ser segunda capital brasileira

    A elevação do Rio ao status de segunda capital do Brasil daria um novo fôlego político-econômico à cidade, resolvendo grande parte dos problemas vividos hoje pela cidade, segundo defendem vários juristas e especialistas, que apontam benefícios que seriam compartilhados também por toda a Região Metropolitana.

    Leia mais ...
  • Polícia brasileira diz haver indícios de corrupção da atual líder do PT

    A Polícia Federal do Brasil afirmou, na segunda-feira, haver indícios de que a atual presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), a senadora Gleisi Hoffmann, incorreu nos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.Em comunicado, a Polícia Federal do Brasil, que indica ter concluído o inquérito, disse que Gleisi Hoffmann recebeu subornos da construtora Odebrecht disfarçados de doações eleitorais em 2014. A senadora do PT terá recebido oito pagamentos de 500.000 reais (135.434 euros) cada, que foram registados numa folha de cálculo apreendida a uma funcionária do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, que ficou conhecido como o departamento que efetuava os subornos, segundo o mesmo comunicado, citado pela imprensa brasileira. De acordo com a Polícia Federal brasileira, os pagamentos foram feitos a um dos sócios de uma empresa que prestou serviços de marketing e propaganda a Gleisi Hoffmann durante a campanha eleitoral de 2014, que resultou na sua reeleição como senadora. As autoridades encontraram outros três pagamentos à mesma empresa: um de 150.000 reais (40.630 euros), realizado em 2008, e outros dois, na mesma soma, em 2010. As investigações também sinalizam indícios de corrupção e lavagem de dinheiro por parte do marido de Hoffman, o ex-ministro Paulo Bernardo, e pelo então chefe do gabinete da senadora Leones Dall Agnol. Hoffmann, de 51 anos, tornou-se na primeira mulher a ser eleita para dirigir o Partido dos Trabalhadores, fundado, entre outros, pelo antigo Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva em 1980. A atual senadora -- que foi ministra da presidência durante a administração de Dilma Rousseff -- já é ré no Supremo Tribunal Federal, recaindo sobre si a suspeita de que recebeu dinheiro desviado da petrolífera estatal Petrobras.

    Leia mais ...
  • Operação policial e militar no Rio: 2 mortos e 18 presos

    Uma grande operação policial e militar está sendo realizada no Rio de Janeiro desde a madrugada deste sábado. Segundo a entrevista coletiva, realizada na manhã deste sábado por representantes das forças de segurança estatuais e nacionais, 2 pessoas foram mortas e 18 foram presos.

    Leia mais ...
  • Como Temer consegue se manter no cargo mesmo rejeitado pela população?

    Mesmo após ser grampeado em conversa na calada da noite, alcançar um índice de reprovação histórico e ver aliados-chave serem acossados por denúncias de corrupção, Michel Temer (PMDB) conseguiu barrar a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra si na Câmara dos Deputados. A Sputnik explica como Temer costurou sua permanência no cargo.

    Leia mais ...
Quds cartoon 2018
Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016