Conselhos para os jovens antes de se casarem (Ayatullah Khamenei)

  • Código da notícia : 776745
  • Font : arresala
Brief

Neste caminho você despertará o valor religioso em outros seres humanos, e ajudará a fortalecer outros valores. Faça as suas orações diárias a tempo. Possivelmente alguém irá dizer: “Você pode fazer as suas orações depois” não preste à atenção a tais objeções, e esteja seguro que o seu exemplo é ligado à influência sobre os outros. Tal comportamento é à sua própria vantagem para o proveito da sociedade na qual você vive.

Em nome do Deus, o Beneficente, o Misericordioso.

Antes de falar sobre o casamento, desejo dizer algumas palavras à noiva, ao noivo e às suas respeitadas famílias. Em primeiro lugar, devo dizer que o resultado imediato da união entre vocês, como marido e esposa, é o estabelecimento de uma relação divina.

E também é a mais natural das relações humanas, Deus fez desta relação algo muito natural, instintivo e sagrado, que dará frutos e valores imensos. Assim, a importância de formar uma família nunca deve ser subestimada.

Um dos grandes pecados cometidos pelo ocidente é o fato que a formação da família e o matrimônio foram depreciados e desacreditados. A civilização Ocidental trata esta instituição que é uma grande obrigação entre um homem e uma mulher, como algo banal ou ordinário, modificando esta instituição e banalizando-a para se tornar algo como se fossem comprar roupas ou ir a uma loja diferente.

Sobre as emoções do ponto de vista de cada individuo, os gostos e as sensações instintivas são estabelecidos para a continuidade das relações familiares. Assim, sempre que um parceiro se sinta indiferente a respeito de alguma coisa, os casais enfrentam algum problema ou falta, sendo assim, fantasiam algo mais agradável, e então, a fundação da instituição da família é ameaçada.

Mas o Islam não perdoa tal comportamento. No Islam a família é baseada numa fundação sólida. O Islam recomenda que você deva ter primeiro o cuidado na escolha de um parceiro decente, honesto, compatível com sua vida, e daí que você então exercerá o cuidado máximo na continuidade da felicidade e na preservação destas relações humanas.

Ambos os parceiros gostariam que a sua casa fosse um porto de segurança, conforto e paz depois de terminar as suas tarefas diárias. Todos os maridos e todas as esposas têm tais desejos e expectativas das suas vidas de casados: uma atmosfera feliz, doce para ambos.

Eles podem estar ocupados no negócio, na política, em trabalhos domésticos e na educação das crianças, não importa como eles dividem os seus deveres e tarefas, ambos ficam cansados, seja quem trabalha em casa ou quem trabalha fora, e ambos esperam um ambiente familiar alegre, e esta é uma expectativa muito justificada. Isto não é uma questão de pura obtenção de prosperidade.

Muitas pessoas ricas podem não gostar de uma vida familiar feliz: a sua vida pode estar cheia de lutas, intrigas e expectativas injustas. Um homem ou uma mulher em uma posição de poder que manda nas pessoas podem ser acometidos com muitos problemas pessoais em casa, ele ou ela podem ter um parceiro de mau gênio, incongruente ou preguiçoso.

Por isso, tais questões como prosperidade, títulos sociais, vida nas cidades ou nas áreas rurais, não modificam a atmosfera familiar se o casal não estiver se entendendo e comprometendo suas relações privadas um com outro. Assim, o Alcorão Sagrado diz:

“Ele foi quem vos criou de um só ser e deste criou a sua mulher para vos tranqüilizar-se junto a ela”. (C. 7 V. 189)

A palavra relevante usada no Alcorão Sagrado significa que o marido e esposa devem ser fontes de paz, tranqüilidade e amor um para ou outro. E vocês, tanto os homens jovens como as mulheres jovens, sempre devem guardar isto na mente. O seu matrimônio resultará na criação de uma família.

A casa na qual você vive deve ser um lugar de segurança e paz para vocês dois e para as suas crianças. O seguinte ponto que devo mencionar é que tal estado não sucede automaticamente; você deve trabalhar para isso! Para criar esta atmosfera o casal deve ser gentil e carinhoso um com o outro. Você pode perguntar: Como?

Um provérbio famoso diz: O amor parece-se com uma flor sensível; deve ser regado e deve ser olhado com cuidado. Tudo que vocês fazem para ter flores encantadoras, deve ser feito pelo amor. Isto está inteiramente nas suas próprias mãos, vocês, homens e mulheres. O modo de realizar isto é ser leal um ao outro, e mostrar ao seu parceiro o seu amor verdadeiro e o seu cuidado.  Comprove que você é dependente um do outro, e tudo isso ajudará a fortalecer a sensação de amor no seu parceiro.

Todas as injunções Islâmicas sobre o Hijab (véu) são pela maior parte apontadas para assegurar esta obrigação matrimonial. Se você, como uma pessoa jovem casada, não prestar for atento quando não está em casa, se os seus olhos forem atraídos para outros homens ou mulheres, se o seu coração se inclinar à seduções externas, e se você se ocupar em contatos extraconjugais com outros homens ou mulheres, que você pode encontrar diariamente em muitos lugares e de formas e cores diferentes, então, as conseqüências do seu matrimônio serão catastróficas.

Primeiro, o seu parceiro perderá gradualmente a atração original que é essencial no amor mútuo e na bondade, mesmo se um tiver a beleza do Profeta José (A.S.), ele, pelo passar do tempo, achará isso um fenômeno ordinário. Por isso, como no exemplo das flores, o seu matrimônio e o seu amor devem ser constantemente tratados com muitos cuidados. Como o já mencionado amor verdadeiro e a bondade não podem ser dados por certo; você deve trabalhar para eles.

No ocidente, em certas comunidades, um rapaz ou uma menina ocupam-se em muitos contatos sexuais antes que se casem. Por isso, a idade do matrimônio é mais alta do que em outras sociedades, normalmente entre 20 e 30 e em muitos exemplos mesmo depois dos trinta. Nessas sociedades, tanto os homens como as mulheres, especialmente homens, ocupam-se em todos os tipos de relações sexuais antes do matrimônio.

Assim, o seu matrimônio tardio não será algo novo para eles, e um evento sem importância. Bem, como eles podem ser comparados com um jovem muçulmano que se absteve de tais compromissos ilegais e viveu uma vida de honra e auto-dignidade?

Fazendo esses jogos de relações os homens e as mulheres terão os mesmos valores matrimoniais? Eles respeitam o matrimônio e a vida em família? Naturalmente, não. Sempre há que lembrar-se de que não há nenhum homem ou mulher sem faltas, falhas ou fraqueza, ninguém é perfeito. Por isso, você observará que todas as leis Islâmicas e as injunções são dirigidas em salvaguardar a obrigação marital. O Hijab (lenço) é para isto, ele intenciona por não expor os seus corpos para os outros, não aparecer em público sem um traje apropriado e decente, e anão estimular certos instintos impropriamente e ilegalmente na vida.

Assim, o marido e a esposa devem fazer a sua parte, desde o primeiro dia do seu matrimônio, nutrir e desenvolver o amor que Deus criou em seus corações e em suas almas estando casados em uma cerimônia legal. Eles sempre devem tentar aumentá-lo e fortalecê-lo. O modo de realizar isto, como eu disse antes, é ser útil um a outro, amar um ao outro, assim dar importância aos interesses comuns e familiares.

Como dois parceiros honestos, eles devem guardar cada segredo, para nunca os revelar até aos mais próximos e familiares, e guardar fortemente os segredos íntimos de sua vida em família. Neste caminho vocês certamente gozarão de uma vida feliz e doce.

O terceiro ponto que eu gostaria de mencionar é a importância de se ter uma atitude de concessão.

O compromisso pode não ser uma boa aproximação em certas áreas da vida, mas a aplicação mais apropriada do compromisso é dentro da arrumação da vida conjugal. Pois, como um casal recém-casado, vocês encontrarão gradualmente cada vez mais intimidades sobre o caráter do seu parceiro. Tais descobertas não devem ir a tona. No fim de tudo, não há nenhum homem ou mulher ideal no mundo inteiro.

Por isso, você deve ser tolerante quando enfrenta uma perda ocasional do temperamento, palavras ásperas e assim por diante; a bondade e o amor, contudo, são os únicos remédios para tais ocasiões desagradáveis. Outro fato importante é saber que as mulheres tendem normalmente a serem mais fortes do que homens na área de tolerância emocional e paciência.

Vocês podem achar que muitos homens são mais fortes do que as mulheres. Não é assim, essas são somente aparências. Eles podem ser fisicamente mais fortes, mas no que diz respeito ao lado emocional e mental as mulheres são muito mais fortes, elas possuem um grau mais alto em termos de paciência e tolerância e têm os seus próprios caminhos e métodos para proteger suas famílias.

As mulheres muitas vezes reconhecem mais facilmente a fonte da fraqueza no seu parceiro, elas normalmente sabem os pontos positivos e negativos deles, e por isso podem conduzir melhor o homem em direção a uma relação doce e familiar. Outro ponto é a pergunta do luxo, cerimônias e outras extravagâncias.

O que aconselhei por muitos anos diz respeito a impor um limite no dote do matrimônio, isso não significa que as grandes somas anulariam o contrato de matrimônio. Não! Estive realçando simplesmente o fato que o matrimônio é uma obrigação humana, que ele é uma relação ou promessa entre corações e almas. Mas se for obscurecido por questões financeiras ou materiais, ele vai se converter em um acordo de negócios como se você trocasse mercadorias no mercado.

Por outro lado, este tipo de mahr (dote) levantará expectativas mais altas e extravagantes da parte do marido. Portanto, a mulher não deve estar dizendo; “que o dote de certos parentes meus é de tal e tal montante, por isso o meu deve ser mais alto do que o deles”. Por isso, aconselho que vocês não optem por dotes caros. Deixe-os ser a um nível real e modesto segundo as suas próprias necessidades. Um ponto final de que sempre devem lembrar-se é a questão de fortalecer todas as virtudes e valores Islâmicos. Vocês devem tentar fazer as suas posições mais firmes e fortes no decorrer das suas vidas de casados, bem como nas áreas sociais: escritórios, ginásios de esportes e assim por diante. É principalmente pelos seus feitos, ações e comportamento que vocês podem influenciar todos os assuntos, inclusive em matéria de religião.

Neste caminho você despertará o valor religioso em outros seres humanos, e ajudará a fortalecer outros valores. Faça as suas orações diárias a tempo. Possivelmente alguém irá dizer: “Você pode fazer as suas orações depois” não preste à atenção a tais objeções, e esteja seguro que o seu exemplo é ligado à influência sobre os outros. Tal comportamento é à sua própria vantagem para o proveito da sociedade na qual você vive.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*

Mensagem do Imam Khomeini para os muçulmanos do mundo pela ocasião do Hajj 2016
O Perdão

O Perdão