?>

EUA impõem novas sanções à Rússia, informa Departamento do Tesouro

EUA impõem novas sanções à Rússia, informa Departamento do Tesouro

O departamento disse ter como alvo 17 pessoas, 16 entidades, dois iates supostamente ligados ao presidente Vladimir Putin e três aviões. Além disso, adicionou uma série de sanções a ministros e membros do governo russo.

Washington introduziu nova rodada de sanções relacionadas a Moscou, anunciou o Departamento do Tesouro dos EUA nesta quinta-feira (2). O órgão disse ter como alvo 17 pessoas, 16 entidades, dois iates supostamente ligados ao presidente russo, Vladimir Putin, e três aviões.
Entre as personalidades afetadas estão a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova e o ministro para o Desenvolvimento Econômico, Maksim Reshetnikov.
"Os projetos de hoje [2] foram feitos em conjunto ao Departamento de Estado dos EUA e o Departamento de Comércio dos EUA. O Departamento de Estado dos EUA impôs sanções a cinco oligarcas e elites da Rússia, incluindo Maria Zakharova, representante oficial do Ministério de Relações Exteriores da Rússia; Aleksei Mordashov, líder da metalúrgica Severstal e um dos bilionários mais ricos da Rússia; e membros da família e entidades associadas aos oligarcas e elites", decalrou em nota o governo norte-americano.

Sobre Reshetnikov, o órgão afirmou que "[Reshetnikov] foi designado hoje [2] de acordo com o EO 14024 por ser ou ter sido um líder, funcionário, executivo sênior ou membro do conselho de administração do governo russo. Reshetnikov foi anteriormente designado pela União Europeia, Austrália, Canadá, Nova Zelândia e o Reino Unido", diz o texto do Tesouro. Assim como Aleksei Mordashov, a própria metalúrgica Severstal e mais 15 entidades foram sancionadas.
Alem de Zakharova e Reshetnikov, a entidade financeira norte-americana sancionou o ministro do Transporte, Vitaly Saveliev e o ministro da Construção e Habitação, Irek Faizullin. Também entraram nas lista de restrição econômica o vice-primeiro-ministro, Dmitry Grigorenko, e o presidente da United Aircraft Corporation, Yuri Slyusar.

Após saber que foi incluída no pacote de sanções estadunidenses, a representante oficial do MRE russo disse que colocarem seu nome na lista é "outra performance de parceiros".
"Eles ligam e perguntam sobre a reação à minha inclusão na lista de sanções do Departamento do Tesouro dos EUA. Para ser honesta, eu tinha certeza de que estava na lista de proibição de viagem americana há muito tempo [...] não tenho contas estrangeiras ou algo assim nem imóveis. Outra 'performance' de parceiros", erspondeu Zakharova.

............

308

 


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*