?>

EUA roubaram 45 caminhões com petróleo e trigo da Síria para o Iraque, relata agência

EUA roubaram 45 caminhões com petróleo e trigo da Síria para o Iraque, relata agência

Petróleo e trigo foi transportado do norte e nordeste da Síria para o norte do Iraque por forças aliadas dos EUA, diz mídia síria. Damasco tem protestado contra o que diz ser pilhagem e roubo aberto dos recursos do país.

Militares dos EUA levaram mais de 40 caminhões e caminhões-tanque com petróleo e trigo da Síria para o Iraque, informou no domingo (4) a agência síria SANA.

Segundo fontes da agência, o comboio de 45 caminhões com trigo e petróleo deixou a província síria de Al-Hasakah em direção ao norte do Iraque através da travessia de fronteira ilegal de Al-Walid.

Além disso, de acordo com as fontes, um outro comboio com 27 veículos carregados com suprimentos e equipamentos passou pela mesma travessia e se dirigiu a Rmelan para apoiar as forças dos EUA destacadas aí.
As Forças Armadas dos EUA, em conjunto com as formações armadas árabes-curdas das Forças Democráticas da Síria (SDF, na sigla em inglês), controlam ilegalmente territórios no norte e nordeste da Síria nas províncias de Deir ez-Zor, Al-Hasakah e Raqqa, onde estão localizados os maiores campos de petróleo e gás da Síria.

No sábado (3), a SANA também disse que 37 caminhões carregados de petróleo, supostamente pertencentes às SDF, e armados com metralhadoras transportaram o hidrocarboneto ao Iraque através do ponto fronteiriço de Al-Waleed.
Damasco tem chamado repetidamente de ocupação e pirataria estatal a presença dos militares norte-americanos em seu território, apontando que seu objetivo é o roubo descarado de petróleo. Relatos de transporte de petróleo, e frequentemente de trigo, para fora do país têm sido divulgados regularmente ao longo dos anos.

Bassam Touma, ministro do Petróleo da Síria, estimou que até 90% dos recursos petrolíferos do país estão sob controle dos EUA e aliados.

..................

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*