?>

Índia não pode 'confiar' nos EUA para negociar com China, afirma ex-secretário indiano

A Índia foi considerada uma "grande parceira de Defesa" dos EUA em 2016, no entanto, ex-secretário de Relações Exteriores indiano pondera tal relação e diz que Nova Deli deve investir em novos parceiros, como a Rússia.

Segundo Vijay Gokhale, secretário de Relações Exteriores da Índia até janeiro de 2020, o Estado indiano não pode depender inteiramente do apoio diplomático e militar norte-americano para resolver a disputa de fronteira em curso entre Pequim e Nova Deli.
Na concepção de Gokhale, a Índia opera em uma "zona cinzenta" quando se trata da questão de formar parcerias com outras nações, inclusive com os Estados Unidos.
"Acho que, quando se trata de diplomacia, vivemos em uma zona cinzenta. Diplomacia tem tudo a ver com zonas cinzentas e acho que precisamos explorar os limites dessa zona", declarou.

O ex-secretário também acredita que uma nação só deve contar "consigo mesma" para desenvolver suas próprias capacidades.

"Se vocês querem ser uma grande potência, só podem contar com vocês mesmos. Qualquer grande país ou império só se desenvolveu quando construiu sua própria economia, suas próprias capacidades científicas e inovadoras e, subsequentemente, sua própria capacidade militar", afirmou Gokhale.


O país foi designado um "grande parceiro de Defesa" de Washington em 2016, e, em 2018, os EUA concederam "acesso sem licença" a uma variedade de tecnologias militares e de uso duplo que são regulamentadas de outra forma.
No entanto, recentemente, o Ministério da Defesa indiano anunciou o cancelamento de um acordo de mais de US$ 1 bilhão (R$ 5,6 bilhões) com os EUA para compra de 13 sistemas de artilharia naval MK-45.

..........

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*