?>

Irã anuncia início de testes da centrífuga de última geração IR-9 para enriquecer urânio

Irã anuncia início de testes da centrífuga de última geração IR-9 para enriquecer urânio

Organização de Energia Atômica do Irã começou testes da centrífuga de última geração IR-9, dona de uma potência 50 vezes superior à da principal centrífuga IR-1, anunciou o porta-voz da organização, Behrouz Kamalvandi.

"Há progresso no enriquecimento de urânio. Nós começamos os testes mecânicos da centrífuga IR-9 com [capacidade de enriquecimento] de 50 UTS [Unidade de Trabalho de Separação]", contou o porta-voz à agência ISNA.
Nesta terça-feira (6), ocorrerá a reunião presencial sobre o Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês) em Viena, Áustria. Anteriormente, Washington se recusou a iniciar negociações com Irã até que Teerã deixasse de violar as condições do acordo nuclear sobre os limites de armazenamento de combustível nuclear e o nível de enriquecimento de urânio de 3,67%.

Em 2 de abril, a Comissão Conjunta do JCPOA realizou uma videoconferência entre diretores políticos, que discutiram o possível regresso dos Estados Unidos ao acordo nuclear.

Logo depois, o Departamento de Estado norte-americano revelou que Estados Unidos concordaram em participar das conversações sobre o acordo nuclear iraniano em Viena. Segundo o porta-voz do Departamento de Estado Edward Price, a delegação norte-americana para conversações em Viena será liderada pelo enviado norte-americano responsável pelos assuntos iranianos, Robert Malley.

O acordo JCPOA foi celebrado em 2015 por Reino Unido, Alemanha, China, Rússia, EUA, França e Irã para o cancelamento das sanções contra a nação persa em troca da restrição do programa nuclear iraniano, mas não chegou a três anos de existência.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*