?>

Irã se opõe aos planos do Reino Unido de aumentar potencial nuclear, afirma embaixador na Rússia

Irã se opõe aos planos do Reino Unido de aumentar potencial nuclear, afirma embaixador na Rússia

O Reino Unido anunciou em 16 de março seu novo plano de política externa e de defesa pós-Brexit, que prevê um aumento de seu arsenal nuclear de 180 ogivas estocadas para 260.

O embaixador iraniano na Rússia, Kazem Jalali, disse à Sputnik nesta sexta-feira (26) que o Irã se opõe aos planos do Reino Unido de aumentar seu potencial nuclear.

"Em linha com a filosofia do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, as armas nucleares devem ser reduzidas e as tecnologias nucleares devem ser desenvolvidas dentro do conceito de átomos para a paz", disse o diplomata.
"A República Islâmica do Irã desenvolve sua energia nuclear para fins pacíficos, e não concordamos com o acúmulo de armas nucleares", acrescentou Jalali, ao comentar os planos de Londres.

MRE iraniano insta União Europeia a cumprir o JCPOA em vez de "coordenar" com "inimigo nº 1" do acordo nuclear


​Em 16 de março, o Reino Unido lançou sua nova estratégia de defesa, segundo a qual o estoque de armas nucleares seria aumentado para 260 ogivas, revertendo os planos anteriores de reduzi-lo para 180 ogivas em meados da década de 2020. A mudança representa um aumento de cerca de 45%, dando fim ao desarmamento progressivo implementado há 30 anos.

No mesmo dia, o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, acusou Londres de "hipocrisia total", apontando para as preocupações do Reino Unido com as potenciais armas nucleares do Irã.

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*