?>

Marinha do Irã receberá 3 novos destróieres portadores de mísseis com alcance de 300 km

O contra-almirante Ali Reza Tangsiri, comandante da Marinha do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês), anunciou durante cerimônia no dia 21 de novembro, em Teerã, que três novos destróieres de produção nacional serão entregues proximamente à Marinha.

De acordo com Tangsiri, dois navios serão batizados em homenagem ao general Qassem Soleimani, morto em 2020 durante um ataque de drone americano no Iraque, e o general Mohammad Nazeri.
As duas embarcações terão 65 e 55 metros de comprimento, respectivamente, e portarão mísseis capazes de atacar alvos a 300 quilômetros.
Um dos navios está sendo desenvolvido pela empresa iraniana R&D, os dois outros pelo Ministério da Defesa do país, adicionou o comandante iraniano.

Além disso, ele ressaltou que as embarcações também vão contar com mísseis antinavio capazes de operar a alcances de mais de 300 quilômetros, além de possuir um heliponto para transportar um helicóptero.

O chefe do IRGC, major-general Hossein Salami, disse que as avançadas tecnologias navais do Irã são "uma fonte de consternação para os adversários da República Islâmica" e servem como mensagem de que Teerã não vai permitir que país algum aja de forma agressiva contra ela.
A Marinha do país possui minissubmarinos costeiros das classes Fateh e Ghadir, desenvolvidos localmente, fragatas Moudge e uma gama de embarcações rápidas de ataque e patrulha, além de centenas de pequenas lanchas velozes operadas majoritariamente pela Marinha do IRGC – que muito frequentemente as equipa com metralhadoras pesadas ou lançadores de foguetes.
As forças navais iranianas não hesitam em se engajar em confrontos com navios de guerra norte-americanos.

...........

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*