?>

Os eventos do momento em que o Profeta Mohammad foi escolhido como um profeta (S.A.A.S)

Os eventos do momento em que o Profeta Mohammad foi escolhido como um profeta (S.A.A.S)

No momento da designação do profeta Mohammad, aconteceram grandes eventos, como o grito do diabo.

Quando o Profeta Mohammad (S.A.A.S) atingiu quarenta anos de idade, no ano de 610 d.C., desceu sobre ele a Revelação por intermédio do anjo Gabriel (A.S), (um dos quatro anjos próximos de Deus e o mensageiro da revelação de Deus aos profetas) enquanto orava na gruta de Hera, disse: Ó Muhammad, recite. O Profeta disse: O que devo ler? Gabriel recitou os primeiros versículos do Alcorão sagrado: "Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso. Lê, em nome do teu Senhor Que criou; Criou o homem de algo que se agarra. Lê, que o teu Senhor é Generosíssimo, Que ensinou através do cálamo, Ensinou ao homem o que este não sabia".

No momento da designação do profeta Mohammad, aconteceram grandes eventos, como o grito do diabo. Imam Ali diz: “Eu ouvi a voz de grito Satanás  quando a primeira revelação foi revelada para o profeta. Eu perguntei dele: "Ó Mensageiro de Deus, o que é esse grito?" Ele disse: "É o diabo que está decepcionado com obediência dele e assim gritou." Então o Profeta disse: "Você ouve o que eu ouço e vê o que eu vejo, a menos que você não seja um profeta e seja apenas meu ministro e ajudador e não esteja separado do bom caminho.

 Imam Ali era com o Profeta desde a infância. Quando era criança, ele acreditava no Profeta, orava com o Profeta, lutava junto o Profeta e se sacrificava pelo Profeta. Em diferentes períodos, ele tentou muito para a religião de Deus, preservar o Islã. O Profeta disse: A quantidade de verdade é Ali. Foi narrado por sunitas e xiitas que: (Ali está com a razão e a razão com Ali, Onde quer que Ali esteja, a razão está lá. A verdade gira em torno de Ali, não que Ali busque a verdade. Se você está procurando a verdade, veja onde Ali está, o que ele está fazendo, onde está seu dedo indicador. A vida de Ali é uma vida assim.

Disse o imam Ali:

Eu era o único que o via se dirigir todo ano para a caverna Herá, e na ocasião, não havia um lar que estivesse abraçando o Islã, exceto o lar do Mensageiro de Deus e de sua mulher Khadidja, e eu, que via a luz da Inspiração (AlWahi) e ouvia a Mensagem Divina, sentindo o aroma do profetismo.

. O Imam Ali (A.S) sempre trazia à lembrança, dizendo: vós sabeis do meu conceito junto ao Mensageiro de Deus (o Qualo abençoou e abençoou a gente de sua casa), pelo estreito parentesco e especial condição. vós sabeis também, que ele me carregou em seu colo,quando eu era menino, e me abraçava e acarinhava paternalmente, e me fazia dormir em seu leito.Quantas vezes ele mastigou a comida e me alimentava, quando eu era pequenino e meus dentes de leite ainda frágeis!... Jamais o decepcionei com mentiras e tampouco em erros no trabalho. Eu o seguia tal qual uma cria que segue o rastro de sua mãe! a cada dia que passava, ele me elevava com o seu caráter e conhecimento, exigindo de mim que os cumprisse à risca. (Nahj al-Balaghah, Sermão 187)

308


Envie seu comentário

Seu e-mail não poderá ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *.

*